Os Jogos Olímpicos Rio 2016 serão um fato histórico para o Brasil e principalmente para o Rio de Janeiro, que neste ano de extrema importância, tem Eduardo Paes como prefeito. Mas a cidade deve encontrar e enfrentar como desafios dois problemas nada agradáveis, trata-se da segurança e da água. A polícia Federal e a Secretaria de Segurança do Rio preferiram não comentar sobre a segurança, já que os tais problemas foram relatados por correspondentes estrangeiros que atualmente vivem aqui no Brasil. Vale lembrar que faltam apenas 3 meses para a maior competição esportiva do mundo iniciar.

Os turistas chineses desistiram de vir acompanhar os Jogos Olímpicos por medo dos constantes assaltos que acontecem na cidade, pelo menos é o que afirma o jornalista Yang Tanli.

Publicidade
Publicidade

Como dito no parágrafo acima, as entidades responsáveis pela segurança (Polícia Federal e a Secretaria de segurança), decidiram não comentar quaisquer tipo de opiniões feita pelos correspondentes. Por outro lado, a maioria optou por elogiar a cidade, já que a maior parte das obras olímpicas estão concluídas.

O portal de notícias 'G1', conversou com jornalistas de 5 nacionalidades diferentes, como era de se esperar, todos os entrevistados citaram a situação em que se encontra a Baía de Guanabara, que deve ser um grande desafio para a cidade. Todos os entrevistados foram interrogados com a seguinte questão: O que esperar dos Jogos de 2016? Confira logo abaixo um pequeno resumo sobre a questão que teve elogios e críticas feitas pelos correspondentes estrangeiros sobre as Olimpíadas:

Agência Reuters - Brad Brooks

Comentou que está confiante que os Jogos Olímpicos vão ser lindos e vai ser como toda olimpíada, uma grande celebração esportiva.

Publicidade

O jornalista ainda ressaltou que, como ocorrido na copa de 2014, as Olimpíadas vão mostrar o lado bonito do Rio de Janeiro.

El País - María Martín

A jornalista vive a expectativa e espera que os Jogos Olímpicos aconteçam de forma tranquila com muita paz e que seja um momento festivo para a cidade, fazendo assim, parte da sua história.

Associated Press - Jenny Barchfield

A jornalista está no Brasil desde 2012, contudo, revela que está acompanhando todo o processo de preparação da cidade. Ela também comentou que havia uma certa incerteza sobre o Rio de Janeiro, já que o Brasil passa por um momento difícil. #Rio2016 #Crise no Brasil #Taça Olímpica