Uma mala suspeita foi achada dentro do estádio Old Trafford, fazendo com que o jogo do último domingo (15) entre Manchesterd e Bournemouth fosse cancelado. O artefato encontrado no interior no local era realmente um explosivo, mas teria sido deixado no interior do estádio por desatenção da empresa contratada para realizar a segurança da partida.

As informações foram divulgadas pela polícia, algumas horas após o incidente. Cerca de 20 minutos antes do ponta-pé inicial, a polícia ordenou a retirada dos torcedores que estavam próximos ao Stretford End, minutos depois representantes do clube divulgaram uma nota pelas redes sociais informando que a partida seria atrasada porque a polícia estava investigando um material suspeito achado na ala norte do estádio.

Publicidade
Publicidade

Com mais de quinze minutos de atraso, o clube emitiu uma nota no Twitter informando que a partida seria cancelada. Depois do incidente, a polícia informou que detonou o material suspeito dando a entender que o material era muito semelhante a uma bomba verdadeira.

De acordo com informações da ESPN, os jogadores dos dois times já estavam em campo realizando o aquecimento e foram obrigados a voltar para seus vestiários. As arquibancadas localizadas próximas ao material suspeito tiveram que ser evacuadas, enquanto os demais torcedores aguardavam para o início do jogo sem saber o que estava acontecendo naquele exato momento. Minutos antes da partida começar o sistema de som do estádio anunciou que o jogo seria cancelado devido a um artefato suspeito encontrado em meio as arquibancadas.

Durante a perícia do material, as autoridades descobriram que tratava-se de um aparelho usado para treinos e foi deixado no local por acidente por empresa de segurança depois de realizar um treinamento com cães para encontrar explosivos.

Publicidade

O jogo era válido pela última rodada do Campeonato e será disputado hoje, as 16 horas no horário de Brasilia. A partida garante vaga direta do Manchester United a Liga dos Campeões em 2017.

A maior preocupação das autoridades é para onda de atentados terroristas após os ataques a Paris em novembro de 2015, naquela ocasião uma bomba chegou a estourar aos arredores do Stade de France, onde França e Alemanha disputavam uma partida amistosa. Em nota, a Premier League cita: ''No quesito segurança, é óbvio e correto afirmar que tanto o Manchester United, quanto a Premier League em primeiro lugar prezem pela segurança da torcida e dos funcionários do clube'', conclui a nota. #Entretenimento #Futebol #Curiosidades