A falta de sequência no elenco principal do Palmeiras atrapalhou os planos do argentino, naturalizado paraguaio, Lucas Barrios no time. Tanto que ele acabou perdendo a sua vaga, momentaneamente, para Alecsandro, artilheiro, ao lado de Gabriel Jesus, com oito gols na temporada.

Mas o centroavante tomou uma das decisões mais difíceis na carreira de um jogador de #Futebol. Em favor do Palmeiras, Barrios recusou sua convocação para defender a Seleção do Paraguai na Copa América Centenário, que será realizada entre os dias 3 e 26 de junho, nos Estados Unidos.

Foi ele mesmo que ligou para o técnico da Seleção paraguaia, o argentino Ramón Díaz, e explicou a decisão alegando preferência em permanecer com o elenco palmeirense afim de ter melhor sequência com a equipe.

Publicidade
Publicidade

Ramón compreendeu a justificativa e sacou o atleta da lista contendo 23 nomes para a disputa do torneio.

Na semana passada, o técnico Cuca teve uma longa conversa com o jogador, à beira do gramado da Academia de Futebol, e a atitude de Barrios pode ter sido influenciada por esse bate papo já que o professor palmeirense recebeu de Barrios, naquele dia, a informação de que não gostaria de se ausentar do elenco para viajar com a Seleção do Paraguai aos Estados Unidos.

Apesar da posição tomada, Lucas Barrios diz que não almeja ter titularidade assegurada no time: "Não espero, com essa decisão, ser titular. Só espero ter chance em algum momento aqui, no Palmeiras, e isso o Cuca já avisou que dará a todos. Seria muito egoísta da minha parte chegar à Seleção e pegar a vaga de alguém que tem sequência dentro de seu clube; eu tento sempre pensar no melhor para mim, para o Palmeiras e para o Paraguai.

Publicidade

É claro que foi uma decisão difícil, mas era o melhor neste momento" - disse.

Sobre o telefonema que trocou com Ramón Díaz, o palmeirense disse que o técnico foi compreensível com sua postura e garantiu que ele não está fora, definitivamente, do elenco paraguaio, podendo ser novamente convocado para as Eliminatórias quando, então, o jogador pretende integrar a Seleção do Paraguai mais bem preparado.

Nesta terça-feira (10), foi Barrios quem entrou no time titular para a preparação para a estreia no Brasileirão, no sábado (14), contra o Clube Atlético Paranaense, às 16h no Allianz Parque. Desta forma, o reconhecimento pelo difícil posicionamento tomado já aconteceu com a oferta de mais espaço ao jogador.

O centroavante falou da conversa que teve com Cuca e de suas esperanças em nova fase no clube: "Cuca não sabia a decisão que havia tomado na Seleção, não sabia que não iria dia 23 de maio com a Seleção, então ele me disse que eu estava trabalhando muito bem. Se eu fosse para a Seleção, jogaria só dois jogos e iria embora. Em algum momento vou ter a oportunidade, ele me disse isso. Quando muda o treinador, é normal que os jogadores que não vinham atuando ganhem espaço também". #Seleção de Futebol #PaixãoPorFutebol