E continua a polêmica entre Sporting e ABC de Braga. A poucas horas do início da partida decisiva no campeonato português de handebol, as equipes continuam trocando acusações. Após o ABC de Braga condenar a atitude do Sporting e da federação de handebol de não aceitarem adiar o encontro decisivo por um dia, foi a vez do Sporting apresentar até queixa na federação. Tudo porque o ABC não vendeu os ingressos que o Sporting teria pedido. 

A partida vai começar na noite desta quarta-feira, pelas 21h00, e será jogada em Braga, no pavilhão do ABC, o Flávio Sá Leite. Será o quinto encontro dessa meia-final do campeonato. Na final, está já o Benfica, esperando por adversário, após eliminar o FC Porto, em quatro jogos.

Publicidade
Publicidade

A eliminatória entre ABC e Sporting está mais demorada, e após quatro partidas, continua tudo empatado, com duas vitórias para cada lado. Agora, tem mesmo que ficar tudo decidido, nesse quinto jogo. 

Certo é que o Sporting não poderá contar com o apoio de seus adeptos. O clube teria pedido 50 ingressos para o jogo decisivo, mas o ABC já anunciou ter a bilheteira esgotada. No site oficial do clube de Braga, o ABC anunciou que esgotaram os ingressos para o público geral, que teriam sido comprados por empresas da cidade. O Sporting lamenta esta atitude do ABC e já avançou com uma queixa para a federação. Mas, será que foi vingança do ABC?

O vice-presidente do Sporting, Vicente Moura, garantiu em declarações para o jornal Record que os ingressos foram pedidos "dentro do prazo" e que os mesmos "não foram cedidos" pelo ABC.

Publicidade

Sobre o não adiamento do encontro, como o ABC tinha pedido, Moura diz que não aceitaram esse pedido para "proteção dos atletas", por estarem a poucos dias da final do campeonato, que se joga já no domingo.

Confiança do Sporting em estar nessa final, mas o ABC, que jogou no último domingo para as competições europeias na República Checa, não aceitou bem a atitude do Sporting, a quem foi pedido adiar o jogo de quarta para quinta-feira. "Gostaríamos que houvesse verdade desportiva, mas o Sporting não quis adiar", revelou o presidente do ABC, João Nogueira, para o jornal Record.  #Europa #Resenha Esportiva