Nesta quarta-feira, no estádio Santiago Bernabéu completamente lotado o Real Madrid venceu o Manchester City por 1 a 0 com gol contra de Fernando e se classificou para a final da Liga dos Campeões. O Real enfrentará seu rival Atlético de Madrid na final, que ocorrerá no dia 28 de maio no estádio San Siro, em Milão.

O jogo 

O Real foi superior durante todo o primeiro tempo. Jogando bem pelos lados de campo, não demorou muito para abrir o marcador do jogo. Já o City,  perdeu o seu capitão Kompany nos minutos inicias por lesão, teve bastante dificuldade para criar jogadas ofensivas e pouco deu trabalho ao Real.

Aos 20 minutos, Carvajal fez boa jogada pela direita e na sequência tocou para Bale na área.

Publicidade
Publicidade

O galês bateu forte cruzado, a bola desviou em Fernando e entrou no ângulo de Hart, que nada pode fazer. Aos 36 minutos, Kroos cobrou falta na área, Pepe desviou para o meio, e Sérgio Ramos completou para o gol. Mas o árbitro marcou impedimento no lance. No final do primeiro tempo, De Bruyne encontrou Fernandinho na esquerda, de fora da área o volante do City arriscou o chute. A bola bateu no pé da trave de Navas, sendo esse o único lance de perigo do City.

No segundo tempo os ingleses precisando do empate tentaram pressionar nos minutos iniciais, mas quem teve boa chance foi o Real. Aos 6 minutos, Bale deixou Modric cara a cara com Hart, o croata finalizou para o gol. Mas Hart fez grande defesa. Três minutos depois, Cavajal foi até a linha de fundo e cruzou na área, Cristiano Ronaldo  cabeceou firme.

Publicidade

Mas Hart fez boa defesa novamente. Hart salvou o City novamente aos 16 minutos, Cristiano Ronaldo recebeu a bola na ponta direita e bateu forte e rasteiro no canto, mas o goleiro fez grande defesa.

Aos 19 minutos, Kroos cobrou escanteio na área, Bale desviou de cabeça na primeira trave, e a bola explodiu no travessão de Hart. Nos minutos finais o City foi para o tudo ou nada, mas o maior lance de perigo foi com Aguero. O argentino  arriscou chute de longe, a bola passou rente ao travessão de Navas. #Futebol Internacional #PaixãoPorFutebol