O Brasil está investindo pesado na realização dos Jogos Olímpicos, mas a falta de infraestrutura do país e de modo especial do Rio de Janeiro já começa a dar sinal de que irá prejudicar o evento. Faltam menos de três meses para o Rio-2016 e os estrangeiros já pensam em desistir de viajarem para cá, por causa da insegurança e também o problema de poluição das águas onde as provas serão realizadas.

Vários correspondentes estrangeiros que trabalham aqui no Brasil já alertaram lá fora sobre a falta de segurança por aqui, principalmente na cidade do Rio de Janeiro. Alguns turistas chineses já desistiram de vir assistir aos #Jogos justamente por causa destes comentários que em nada favorecem o Brasil lá fora, muito pelo contrário, só contribuem para piorar ainda mais sua imagem.

Publicidade
Publicidade

E para complicar ainda mais a situação, os turistas, jornalistas e esportistas estrangeiros estão ficando com medo dos terroristas que já avisaram nas redes sociais que aproveitarão os Jogos Olímpicos no Brasil para darem o seu "recado".

Quando questionados sobre o temor dos correspondentes em relação à #Violência que se instalou no Rio de Janeiro, tanto a Secretaria de Estado de Segurança como também a Polícia Federal preferiram se calar, evitando qualquer tipo de comentário.

A qualidade da água na Baía de Guanabara é outro grande problema e um ponto que vem recebendo muitas críticas dos estrangeiros. Apear das obras olímpicas terem sido concluídas dentro do prazo, as autoridades responsáveis juntamente com o Governo não conseguiram limpar a água da Guanabara.

A Agência Reuters informou que a segurança é o grande desafio do Rio -2016, pois além dos assaltos nas ruas ainda tem a questão do terrorismo.

Publicidade

A CCTV, da China, também teme pela segurança e os chineses que já foram assaltados na Cidade Maravilhosa foram embora assustados e avisando a todos por lá que é melhor não se arriscarem.

Resta saber se neste pouco tempo que falta para os Jogos Olímpicos, o Governo conseguirá dar uma resposta à altura que consiga mudar a imagem do país lá fora. #Rio2016