A britânica Jessica Ennis-Hill, 30 anos, campeã mundial (2009 e 2015) e olímpica (2012) de heptatlo, é mais uma atleta que poderá desistir de disputar as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em agosto, por conta do medo da #Zika Vírus, que se espalhou pelo Brasil em 2016. Em entrevistas recentes, Jessica admitiu que se sente preocupada com a situação da doença no país e que analisa a viabilidade da sua participação nos Jogos Olímpicos.

A atleta é mãe de um garoto, que está próximo de completar dois anos de idade, e já se planeja para engravidar novamente depois das Olímpiadas, o que agrava, ainda mais, a preocupação de Jessica Ennis-Hill com o surto de zika vírus no Brasil.

Publicidade
Publicidade

Ela insinuou em entrevista que pode não se integrar a deleção britânica, que já deve iniciar os treinamentos para os Jogos Olímpicos no final do próximo mês de junho, em Belo Horizonte (Minas Gerais), cidade onde também houve muitos registros de zika vírus este ano.

De acordo com o treinador de Jessica, o também britânico Toni Minichiello, existe a possibilidade de encontrar algum outro local de treinamento para a atleta, que poderia ser nos Estados Unidos ou em algum país da Europa. Caso isso aconteça, a campeã mundial e olímpica de heptatlo somente desembarcaria no Brasil, especificamente na cidade do Rio de Janeiro (que também teve altos registros de zika vírus), no mês de agosto, exclusivamente, para a disputa da competição da Rio 2016.

Ainda de acordo com o treinador Minichiello, o desejo de Jessica Ennis-Hill de voltar a ser mãe deve ser respeitado e é isto que a equipe britânica de heptatlo irá priorizar, evitando qualquer risco de a atleta vir a se contaminar com o zika vírus no Brasil.

Publicidade

O desafio, segundo Toni Minichiello, vai ser encontrar algum local, seja nos Estados Unidos ou na Europa, que apresente características climáticas semelhantes as que Jessica encontrará em agosto nas Olímpiadas do Rio de Janeiro.

Mesmo com as opções apresentadas por seu treinador, Jessica Ennis-Hill confessou, em entrevista, que ainda está muito preocupada com a zika vírus no Brasil e não confirmou oficialmente a sua participação na Rio 2016. #Rio2016