O ex-campeão mundial Rivaldo compartilhou no sábado (7) a foto de uma adolescente morta no Rio de janeiro e fez um pedido aos estrangeiros: que não venham ao Brasil para as Olimpíadas, pois o risco que correm de perder a vida é grande. Rivaldo, além de publicar a foto da menina assassinada, também fez um desabafo em seu Instagram aconselhando os estrangeiros que têm intenções de assistir os Jogos Olímpicos que fiquem em suas casas, porque correm um grande risco de sofrer algum tipo de #Violência no Brasil.

O ex-atleta ainda citou o caos dos hospitais e a saúde pública brasileira, e o vendaval que a política vem enfrentando em nosso país, afirmando que somente Deus poderia mudar essa situação tão triste.

Publicidade
Publicidade

A imprensa europeia tomou conhecimento de seu comentário, o jornal catalão "Sport" comentou a respeito da advertência sobre a violência no Rio feita pelo ex-craque de futebol. 

Jovem morta no Rio

Ana Beatriz Frade, uma adolescente de 17 anos, foi baleada em um arrastão na Zona Norte do Rio, vindo a óbito na manhã de sábado (7). Ela morava no Espirito Santo com os avós e estava na 'Cidade Maravilhosa' de surpresa para passar o dia das mães ao lado da mãe. Segundo informações passadas pela policia, Ana Beatriz recebeu um tiro na cabeça quando assaltantes tentavam praticar um assalto. Os bandidos fugiram e o padrasto da garota ainda tentou reanimá-la, mas ela não sobreviveu aos ferimentos.

A jovem seguia com o padrasto e o irmãozinho de dois anos no carro da família para o aeroporto Tom Jobim, onde receberiam sua mãe para passar juntas o dia em que toda mãe anseia por estar ao lado de seus filhos, o que não será mais possível, visto que Ana Beatriz teve sua vida interrompida ainda na adolescência. 

Diante de mais esse #Crime absurdo no Brasil, o ex-jogador expôs sua revolta nas redes sociais, pedindo aos seus seguidores que não viessem para o seu país de origem, pois aqui não teriam segurança e corriam risco de morte.

Publicidade

Rivaldo mora atualmente nos EUA com a família e está fora dos gramados desde 2014. #Rio2016