A seleção bicampeã olímpica de vôlei feminino já sabe quem irá enfrentar na primeira fase dos Jogos Olímpicos. A temida seleção americana, que fez a final em Londres 2012 contra o Brasil, estará no grupo B, enquanto o Brasil estará no grupo A. O clássico da primeira fase vai ficar por conta de Brasil e Rússia, que estarão no mesmo grupo. As brasileiras e russas se enfrentaram em 2004, 2008 e 2012, tendo, nas duas últimas, feito alguns dos jogos mais emocionantes de toda história dos Jogos Olímpicos.

Além de Brasil e Rússia, francas favoritas para liderarem o grupo A, estarão no mesmo grupo as japoneses, sul-coreanas, argentinas e camaronesas.

Publicidade
Publicidade

A seleção do Japão é considerada a terceira força na disputa para passar de fase. Segundo o ranking da Federação Internacional de Vôlei (FIVB), o Brasil é o 3º colocado no ranking mundial, seguido por Rússia em 4 º e Japão em 5º. 

A seleção de José Roberto Guimarães terá novamente a seleção da Coréia do Sul na fase de grupos. Em Londres 2012, foi uma derrota por 3 a 0 contra as sul-coreanas que deu uma virada na história e levou a seleção brasileira ao bicampeonato olímpico. A Coréia do Sul é a 8ª colocada no ranking da FIVB. Argentina está em 9º e Camarões em 21º. 

Já no grupo B estão as duas atuais lideres do ranking da FIVB. Os Estados Unidos lideram em 1º e a China está na segunda posição. Outras três seleções do grupo B são toda europeias, Sérvia, 6ª no ranking, Itália 7ª e Holanda 14ª.

Publicidade

A última seleção classificada é a de Porto Rico, que ocupa atualmente a 16ª posição no ranking da FIVB. 

A última atualização do ranking da FIVB foi feito em outubro de 2015.

O Comitê Olímpico Internacional ainda não divulgou a tabela oficial com datas e horários dos dias dos jogos de vôlei. Porém, as seleções brasileiras de basquete e handebol, tanto masculino como feminino já sabem quando deverão entrar em quadra na busca pelo ouro olímpico. O Brasil tem grandes chances de medalha nessas três modalidades de disputas e grupo, além, claro, do futebol.  #Rio2016