Com uma vitória de virada, por 2 a 1, sobre o Liverpool, o Sevilha conquistou nesta quarta-feira, 18 de maio, a edição 2015/2016 da Liga Europa. Ganhou seu quinto troféu na competição nos últimos 11 anos, sendo o terceiro consecutivo. É a primeira equipe na história do torneio, que, anteriormente, era chamado de Copa da Uefa, a conseguir essa façanha.

Além disso, confirmou o domínio espanhol no futebol europeu. O país, que venceu as duas últimas edições da Liga dos Campões, tem assegurado também o título deste ano, uma vez que Atlético de Madrid e Real Madrid, que decidiram a taça na temporada 2013/2014, voltarão a se encontrar na final do próximo dia 28 de maio, em Milão, na Itália.

Publicidade
Publicidade

Liverpool saiu na frente na etapa inicial

Sem ter conseguido vagas para competições europeias através do Campeonato Inglês, o Liverpool, que eliminou o Borussia Dortmund, considerado o favorito ao título da Liga Europa nas quartas de final, fazia da decisão um tudo ou nada. Além da conquista, que daria tranquilidade para o técnico alemão Jurgen Klopp desenvolver o trabalho de reconstrução da equipe, também garantiria uma vaga na Liga dos Campeões do ano que vem.  A derrota significaria ficar fora dos torneios continentais e a potencial queda de algo em torno de US$ 100 milhões em receita.

A pressão pareceu fazer diferença e o time, conhecido por sua intensidade, se mostrou tímido no início da partida. Conseguiu se soltar apenas nos últimos minutos da etapa inicial, quando chegou ao gol, aos 35 min, através de finalização de Sturridge em jogada construída pelos brasileiros Roberto Firmino e Philippe Coutinho.

Publicidade

Virada veio no segundo tempo

Conhecido por suas reações, o Liverpool foi vítima de seu próprio veneno. Foram necessários  apenas 17 segundos da etapa final, para que o lateral-direito Mariano, ex-Fluminense, driblasse Rafael Moreno e encontrasse o artilheiro Gameiro, que não desperdiçou a oportunidade.

O Sevilha assumiu o completo domínio da partida e não tardou para tomar também o comando do marcador. O segundo gol aconteceu aos 19min, através de Coke. Parecendo assustado, o Liverpool se abriu e, seis minutos depois, novamente Coke marcou assegurando o título para a equipe espanhola. #Futebol #PaixãoPorFutebol