Assim como já havia ocorrido na temporada de 2014, o técnico argentino Diego Simeone viu o seu Atlético de Madrid sucumbir diante do maior Rival na final da Champions League. Neste sábado, o Real Madrid venceu nos pênaltis após empatar em 1x1 no tempo normal e comemorou o seu 11° título de UCL. Na coletiva após a partida, Simeone deixou em aberto o próprio futuro.

"Eu digo a vocês o que estou sentindo, e no momento posso dizer que vou pensar. Estou pensando, nada além disso", resumiu Simeone em entrevista no estádio San Siro, em Milão. O técnico tem contrato com o clube espanhol até junho de 2020.

Sobre o jogo, Simeone fez questão de valorizar e elogiar o trabalho de sua equipe, derrotada apenas nos pênaltis.

Publicidade
Publicidade

Ele relembrou a dificuldade de sair atrás do placar - aos 15 do primeiro tempo, Sergio Ramos fez o gol dos merengues.

"Muito orgulho dos meus jogadores, pois fizeram um esforço extraordinário. Isso depois de passar por Barcelona e Bayern. Hoje começamos a final perdendo, depois perdemos pênalti, empatamos... Como lutou Koke, Gabi, Godín... Tremendo esforço", ampliou. #Futebol #Real Madrid