O Vasco venceu o Vila Nova por 2 a 0, nesta terça-feira (24), no Mané Garrincha, pela terceira rodada do #Campeonato Brasileiro série B. Com dois gols de Nenê, o #Vasco manteve os 100% de aproveitamento e aumentou para 30 jogos a invencibilidade, que teve início em 1º de novembro.

Com o resultado, o Vasco chegou aos nove pontos na tabela da Série B, assim como o Atlético-GO, mas é o líder por ter o melhor no saldo de gols: 7 a 3. Já o Vila Nova segue com três pontos, na 14ª colocação. 

O jogo

Vila Nova e Vasco fizeram um primeiro tempo de muitas oportunidades. Mas a primeira só saiu aos 24 minutos, quando Fabinho recebeu bom passe dentro da área.

Publicidade
Publicidade

Livre de marcação, o meia bateu para o gol, mas Jordi fez grande defesa. A resposta do Vascão foi aos 33, quando  Nenê deu boa bola para Julio Cesar, que invadiu a área e chutou forte para o gol, mas o goleiro Edson espalmou a bola para linha de fundo.

Aos 41, Fabinho deu linda enfiada para Vandinho, que saiu na cara do goleiro e tentou o toque por cobertura, mas Jordi defendeu, no rebote o mesmo Fabinho pegou de primeira mas mandou a bola para fora. Três minutos depois, Nenê arriscou chute de longe, e a bola passou muito perto do gol de Edson. 

No segundo tempo, logo no primeiro minuto, Jean Carlos arriscou chute de longe, e Jordi, bem colocado, fez a defesa. Dois minutos depois houve briga entre torcedores na arquibancada  que forçou a PM usar spray de pimenta. Incomodados, os jogadores reclamaram das condições para respirar.

Publicidade

Árbitro, então, resolveu paralisar o jogo. Aos 7, Nenê cobrou falta na área, Marcelo Mattos desviou de cabeça, e o goleiro Edson deu um tapinha na bola mandando para escanteio.

Aos 22, Fabinho soltou a bomba da entrada da área, mas Jordi espalmou a bola para linha de fundo. Nenê aprontou um salseiro na linha de fundo, ele gingou para cima de Jefferson Feijão, depois de conseguir tomar a frente, Nenê tentou voltar, mas foi derrubado dentro da área. E o árbitro marcou pênalti para o Vascão aos 25 minutos. Nenê cobrou o pênalti no canto esquerdo, Edson chegou a tocar na bola mas não evitou o gol do Vascão. Aos 34, Nenê cobrou falta da direita direto para o gol, e acertou o ângulo de Edson marcando um golaço para o Vascão. No lance do apito final, Nenê dominou a bola e abriu os braços. Jean Carlos não gostou e empurrou o meio-campo do Vasco. Diguinho tentou apartar. Pior para o volante do Vasco que acabou levando o vermelho junto com o jogador do Vila Nova. 

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Bahia, sábado, às 16h30 (de Brasília), em São Januário. Já o Vila Nova enfrentara o Atlético-GO, em clássico no Serra Dourada, também sábado, às 16h. #PaixãoPorFutebol