A Alemanha, atual campeã do mundo, mostrou hoje que é uma das grandes favoritas ao título da Euro 2016. Passou fácil pela Eslováquia e goleou por 3 a 0. O primeiro gol alemão começou com uma cobrança de escanteio: a zaga rival afasta para a entrada da área, Jérôme Boateng pega de primeira, uma bomba, e marca um golaço. Após o gol. a Alemanha foi para cima querendo mais. Müller cruza na área, Mario Gómez é empurrado por Skrtel e o árbitro marca pênalti.

Mesut Özil correu para a cobrança e bateu no canto direito, mas Kozácik voou para defender. Os alemães continuaram atacando, deixando a Eslováquia sem espaço para atacar, que estava atacando apenas nos contra-ataques.

Publicidade
Publicidade

Os eslováquios resolveram reagir e Pekarík chegou pela direita, cruzou, Kucka cabeceou e Neuer fez uma defesa de cinema.

Dois minutos depois foi a vez da Alemanha. Draxler faz uma jogada sensacional pela esquerda, dribla o adversário e toca para Mario Gómez completar para a rede botando o placar para 2 a 0 e desanimando os eslováquios e a torcida. Depois do gol, o clima esquentou com o zagueiro eslováquio e Mário Gomez, que dividiram. O zagueiro pediu desculpas, mas o alemão não quis saber de conversa.

Após o intervalo, as seleções voltaram dispostas para o jogo. A Alemanha buscou o seu terceiro gol com Draxler: a jogada começou após cobrança de escanteio, Hummels desvia de cabeça, a bola sobra para Draxler, que pega de primeira e estufa a rede. As seleções mexeram no time com substituições, nada mudou, o jogo deu mais Alemanha que está jogando um #Futebol sensacional.

Publicidade

A Alemanha fez ótimas substituições, colocando em campo o zagueiro Höwedes, o meia Schweinsteiger e o atacante Lucas Podolski, que ajudaram a equipe de Joachim Löw segurar o placar fazendo uma partida incrível classificando-se para as quartas de final. A Alemanha já tinha todo o favoritismo ao seu favor e fez o seu trabalho, deixando sua torcida presente no jogo orgulhosa de ver sua seleção vencendo e ficando cada vez próxima do título. Agora, aguarda seu próximo adversário nas quartas de final. #Opinião #Eurocopa 2016