Os torcedores de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco não tiveram o que comemorar na rodada deste final de semana do Campeonato Brasileiro. Nenhum dos quatro grandes do #Futebol do Rio deixou os gramados com uma vitória sobre os seus adversários.

O desastre começou na tarde de sábado. Diante de mais de sete mil pagantes, em São Januário, o Vasco não conseguiu furar o bom sistema defensivo do Paysandu. Pior. Com gols de Jonathan, ambos no segundo tempo, a equipe paraense derrotou o Gigante da Colina por 2 a 0. Para sorte dos cruzmaltinos, a liderança na Série B foi mantida porque Atlético-GO e Bahia também foram derrotados em casa (CRB e Londrina, respectivamente).

Publicidade
Publicidade

Os maus resultados continuaram no domingo. Na Arena de Itaquera, zona leste de São Paulo, o Botafogo até jogou bem no primeiro tempo, mas não segurou o Corinthians, em dia de despedida oficial de Tite - que é o novo técnico da Seleção Brasileira de Futebol - e voltará para o Rio de Janeiro com uma derrota de 3 a 1.

Outro tropeço veio no Recife. Em uma Ilha de Retiro, o Fluminense teve um rendimento bastante frio, principalmente, na etapa inicial e, mesmo diante do até então lanterna da competição, retornará para as Laranjeiras com um decepcionante revés de 2 a 1 para o Sport.

O melhor resultado dos cariocas aconteceu no Mané Garrincha, em Brasília. Naquela que foi considerada a sua melhor partida desde que Zé Ricardo assumiu o comando -no lugar de Muricy Ramalho -, o Flamengo dominou o São Paulo, mas fracassou na hora das conclusões, especialmente, no último lance, com um pênalti desperdiçado por Alan Patrick, e não saiu de um empate de 2 a 2.

Publicidade

Buscando ser o pontapé inicial de uma reação imediata, o Vasco irá ao interior do Paraná na próxima terça-feira (21) e, às 19h15 (de Brasília), no estádio do Café, tentará derrotar o Londrina. Na quarta, será a vez dos outros três grandes entrarem em ação. A partir das 21h (de Brasília), o Rubro-Negro, no Arruda, encara o Santa Cruz. No mesmo horário, o Botafogo, por conta das ausências de Maracanã e Engenhão, exercerá o seu mando de campo contra o Figueirense no Mário Helênio, em Juiz de Fora, zona da mata de Minas Gerais. Às 21h45 (de Brasília), o Fluminense, no Kléber Andrade, em Cariacica, região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, mede forças diante do Santos. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol