Já está confirmado que o zagueiro Felipe não é mais do #Corinthians. Agora, o beque defenderá o Porto, de Portugal. Rapidamente, o clube do Parque São Jorge quer comprar o zagueiro Vílson em definitivo, pois seu contrato atual é válido por empréstimo, até o mês de dezembro.

O zagueiro Felipe se despediu do Corinthians, neste domingo (12) , diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O resultado final da partida não foi um dos melhores para o beque e, principalmente, para o Timão, pois o alviverde conseguiu vencer por 1 a 0 em um jogo muito polêmico. Segundo o site da Gazeta Esportiva, o Porto quer negociar cerca de 75% dos direitos federativos do atleta, com um valor equivalente a R$ 24 milhões.

Publicidade
Publicidade

Apesar de viver grande expectativa de se apresentar no Porto, o ex-camisa 28 do Timão marcou presença no Derby, pois a vontade dele era defender o Corinthians até o seu ultimo momento. A ideia da comissão técnica alvinegra era que Felipe continuasse no time do técnico Tite até o confronto contra o Fluminense, jogo que acontecerá nesta quinta-feira (16), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Nas últimas partidas de Felipe vestindo a camisa do Corinthians, notou-se que o beque anda muito desconcentrado, pois o técnico Tite revelou que o motivo seria o grande interesse do clube europeu.

Sem muita verba para trazer novos jogadores, a diretoria corintiana trabalha para que o zagueiro Vílson assine um contrato em definido como jogador do Corinthians. Os valores são baixos, pois, segundo o jornalista Jorge Nicola, estima-se que o Timão desembolse cerca de R$ 500 mil por uma parte dos direitos econômicos do atleta.

Publicidade

Antes de chegar ao Corinthians, Vílson atuou na Chapecoense. No ano seguinte, foi apresentado no Timão, que, por sua vez, não gastou para obter o beque. Ele chegou a ser titular ao lado do até então ex-Corinthians, Felipe, pois o outro titular da posição, Yago, estava cumprindo a sua suspensão do exame antidoping. Comparando ao valor que o Timão receberá dos portugueses pela venda de Felipe, a negociação de Vílson é praticamente irrisória. #Futebol #Futebol Internacional