Contrariando alguns, Edmilson acabou se tornando um símbolo da boa fase que o Leão pernambucano vem vivendo. O atleta, que tem mostrado desde a sua estreia nada abaixo do que boas atuações, já se mostra adaptado e em perfeita sintonia com o restante da equipe. O atacante de 33 anos foi criticado por alguns quando contratado, o fator idade fez com que seu #Futebol fosse questionado, porém a experiência tem se mostrado uma excelente ferramenta. E é essa experiência que o lhe gabarita para explicar a boa fase do rubro-negro na Série A do Campeonato Brasileiro. Detalhe, Edmilson precisou de apenas três semanas para calar os que lhe criticaram e questionaram.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista, o atacante falou o que espera daqui para frente. Com grande entusiasmo, crê que o Sport irá evoluir muito durante todo o campeonato. Um dos fatores que o faz acreditar nisso está ligado a autoestima da equipe. Para quem não sabe, a razão de Edmilson ter citado a autoestima do time vale o lembrete de que o Sport estava com a moral bem baixa até a vitória que teve no jogo contra o Santa Cruz, ter vencido o clássico contribuiu muito para que o Sport se reerguesse.

Edmilson revela que, ao vencer o clássico, seria certo de que o Sport conseguiria elevar a sua moral, e ao somar essa vitória ao empate conquistado contra o Atlético-MG, o time teve com esses dois jogos um salto em relação a confiança tão requerida para a sequência de jogos na Série A do Brasileirão.

Publicidade

Assumi que ainda que o time nunca tenha perdido a confiança, o fato de não ver vitórias estava fazendo com que a postura do time se abalasse.

O atleta, que teve pouquíssimo tempo para treinar, se mostrou grato com a semana cheia de treinos até o confronto no domingo contra o Coritiba. Como o Leão pernambucano não está mais disputando a Copa do Brasil, terá a semana toda para trabalhar no CT. Edmilson diz que o clima entre os companheiros está muito bom, e que a semana de treinos é uma boa oportunidade de aperfeiçoar o que está sendo feito. Vê a equipe em uma constância evolutiva quanto ao futebol que lhes está sendo apresentado pelo comandante Oswaldo de Oliveira. Para o atacante, agora é correr atrás de mais vitórias de modo que o clube consiga prosseguir nessa boa fase que tem se vivido no Sport.