Com a camisa do Sport, o meia Diego Souza tem feito ótimas atuações em campo. No último domingo não foi diferente: jogando contra o Fluminense, Diego foi fundamental para a vitória. Por isso pode-se afirmar que Diego Souza é um dos líderes do elenco. Ao lado de Magrão, Rithely e Durval, Diego Souza tem sido um dos poucos que tem recebido crédito e confiança por parte da torcida. Porém o meia, de forma generosa, fez questão de, em entrevista, dividir os méritos com o restante do elenco e com o técnico Oswaldo de Oliveira.

O atleta, que estava com muita moral - foi ele o autor do gol que trouxe os três pontos pro Sport no jogo contra o Fluminense -, veio a público para defender o colega de equipe Renê, pois o lateral-esquerdo foi muito vaiado, o que fez com que Diego mandasse um recado pra torcida: "o nosso grupo é fantástico, é de homens.

Publicidade
Publicidade

A gente trabalha e se dedica forte. Peço que a torcida esqueça isso do Renê. Ele é um cara fantástico, um menino bom e dedicado. A gente precisa dele e do torcedor". E não foi só para os colegas que Diego Souza ofertou o seu tempo na entrevista, ele também falou sobre o técnico Oswaldo de Oliveira, que segundo Diego Souza, toda a pancada que o time vem recebendo através das críticas devido ao momento ruim que o clube vive na Série A tem parado em Oswaldo de Oliveira. Para Diego, Oswaldo merece os parabéns, pois tem se revelado um professor muito cuidadoso para com os seus. O jogador disse que o técnico tem absorvido tudo o que as críticas podem trazer de nocivo e tem feito com que a equipe se sinta motivada através dos incentivos que Oswaldo tem feito.O camisa 87 também falou sobre o gol da vitória, feito por ele.

Publicidade

Diego revelou que foi um gol especial, e que nada tem haver com o fato de ter sido contra o seu ex-clube, mas sim pela necessidade e o peso que a partida tinha para o Leão pernambucano. Diego já havia perdido outras duas chances, insistiu, e na terceira balançou a rede. Eis o que o atleta falou sobre isso: "a gente precisava da vitória. Eu lutei até o final por meus companheiros, porque eles acreditaram muito em mim".

Diego ainda disse que precisou de raça para fazer o gol, as duas chances perdidas o abalaram um pouco, e o fato de Diego Cavalieri o conhecer foi outro fator que dificultou o balançar da rede. Porém, Diego foi pra cima e conseguiu fazer com que o Sport trouxesse os três pontos para a Ilha do Retiro. #Futebol #PaixãoPorFutebol