O site espanhol futbol.as divulgou uma matéria do portal Finance Football detalhando os salários mensais e anuais de todos os treinadores das equipes da Copa América Centenário. No levantamento pode-se observar algumas surpresas onde técnicos consagrados com passagem brilhantes por clubes e seleções europeias ganhando menos do que alguns treinadores de selecionados de segunda linha da América do Sul. 

Pois a informação que pode causar estranheza para alguns, principalmente para os seus tantos críticos, é o fato de que o técnico mais bem pago da #Copa América é o brasileiro Dunga que recebia 225 mil euros mensais, algo em torno de 600 mil reais pelo câmbio de hoje.

Publicidade
Publicidade

Por ano este valor chegava a 2 milhões e 700 mil euros. Isto é mais do que ganha o consagrado Jürgen Klinsmann que treina a Seleção dos EUA. O alemão ocupa o segundo lugar desta lista com 2 milhões e 300 mil euros por ano. 

Outro técnico com um bom salário e de uma seleção eliminada da Copa América Centenário, assim como o selecionado de Dunga, é Ramón Díaz, que treinou o Paraguai e acabou se demitindo após a eliminação da sua equipe na competição. O argentino ganhava 1 milhão e oitocentos mil euros por ano. Este valor é igual ao seu consagrado compatriota, ex-treinador do Barcelona e agora técnico da Argentina na Copa América.

E a última das surpresas nesta lista de salários de técnicos fica por conta de dois treinadores que trabalharam em equipes brasileiras, Ricardo Gareca e Juan Carlos Osório.

Publicidade

O primeiro treinou o Palmeiras onde não obteve muito sucesso e acabou sendo demitido, enquanto que o segundo foi técnico do São Paulo de onde se demitiu para treinar a Seleção Mexicana. Pois mesmo treinando a modesta seleção peruana que eliminou a brasileira na competição, Gareca 350 mil euros a mais por ano do que Osório. 

De posse destas informações alguns setores da imprensa esportiva e torcedores brasileiros que queriam a demissão de Dunga irão dizer que na relação custo-benefício o salário pago ao ex-técnico da Seleção Brasileira foi um desperdício. No entanto, não é o que pensa Pelé. O Rei do Futebol chegou a declarar que o técnico brasileiro foi injustiçado e o que lhe faltou foi apenas tempo para treinar a Seleção.  #Seleção Brasileira #PaixãoPorFutebol