No estádio Barradão, o Sport poderia ter evitado a derrota para o Vitória se o time de Oswaldo de Oliveira tivesse mantido o foco, mas, com duas expulsões, o Leão evidenciou a falta de maturidade perante o adversário. Mesmo que o #Futebol mostrado não estivesse sendo dos mais belos, vinha sendo suficiente para garantir os três pontos jogando fora de casa.

Aos 17 minutos, Matheus Ferraz abriu o placar e garantiu a superioridade do Sport no jogo, o Vitória ficou perdido em campo. Mas Everton Felipe, cinco minutos depois do gol, foi expulso. E essa expulsão desencadeou a sequência de erros do time que ontem vestia azul (o Sport só veste rubro-negro quando joga em casa).

Publicidade
Publicidade

O time comandado por Oswaldo de Oliveira já entrou em campo revelando a falta que Rithely faz com suas jogadas, a movimentação do Leão em campo era lenta e apática, o time não estava bem. O gol de Matheus derivou de um belo passe de Rodney. Matheus que é zagueiro se comportou no passe como um exímio atacante, dominou no peito o passe de Rodney, e como um foguete chutou a bola na direção do gol.

Sem chances de defesa para o goleiro do Vitória, esse poderia ter sido o meio do Sport dominar o jogo. Porém, a lacuna aberta no time devido a justa expulsão de Everton, fez com que o time baiano conseguisse o meio de alcançar o empate. Ao se fechar, o Sport acabou deixando o domínio de posse da bola para o seu adversário, mesmo o Vitória mostrando um futebol inferior ao do Sport (muitos passes foram errados pelo time baiano), o gol de Vander foi uma consequência da falta de combate do Sport.

Publicidade

Foi no final do primeiro tempo que o empate veio, e equilibrar o placar ainda na primeira etapa foi fundamental para que o Vitória voltasse com um novo fôlego para o segundo tempo do jogo. Já nos primeiros 20 minutos do segundo tempo, o Vitória conseguiu conquistar o placar que lhe daria os três pontos. Para isso aos 16 minutos Euller fez o segundo gol do time e apenas dois minutos depois Nickson fez o terceiro.

O Sport aqui já havia entregado os pontos. O técnico do Leão mostrou que a sua fama de teimoso é verdadeira, Oswaldo demorou muito para fazer as necessárias substituições, já no intervalo elas deveriam ter sido feitas. Pensar em uma substituição que reforçasse o sistema defensivo e em uma que acionasse um veloz atacante para um possível contra-ataque. Mas não, somente no segundo tempo o técnico mexeu na equipe, e mesmo assim fez uma substituição que visou somente o contra-ataque.

Oswaldo de Oliveira além de demorar para fazer a substituição, fez uma escolha péssima. O técnico que optou por colocar Lênis viu a sua escolha ser expulso após revidar na frente do arbitro uma pancada de Dagoberto. Matheus Ferraz mais uma vez fez um gol, este até poderia ter animado o Sport a buscar um empate, mas o time já tinha se entregado e voltou para casa derrotado. #Campeonato Brasileiro