Além de se manter próximo do bloco da frente do Campeonato Brasileiro, o #Fluminense tem mais um motivo para tentar uma vitória sobre o Atlético-MG no confronto desta quarta, às 21h45 (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte, pela quinta rodada da competição de 2016. Há dez jogos que o Tricolor não sabe o que é derrotar a agremiação mineira. A última vez foi no segundo turno da vitoriosa campanha do Brasileirão de 2010. Naquela ocasião, Leandro Euzébio, Carlinhos (2), Gum e Marquinhos asseguraram a goleada de 5 a 1 dos então comandados pelo técnico Muricy Ramalho, em partida realizada no Engenhão. Daniel Carvalho, cobrando falta, descontou para o Galo, na época dirigido por Vanderlei Luxemburgo.

Publicidade
Publicidade

De lá para cá, o Atlético-MG venceu seis partidas e houve ainda quatro empates.

No cômputo geral, a vantagem também é mineira. Ao longo das competições, ambos se enfrentaram por 85 ocasiões e o Atlético-MG venceu 35, o Flu saiu de campo com o placar favorável em 26 ocasiões, além de 24 empates. Nesses duelos, o Galo marcou 133 gols, enquanto o Tricolor balançou as redes 120 vezes.

Nunca aconteceu uma final entre os rivais, porém, em 2012, eles foram os protagonistas daquele Campeonato Brasileiro e, mesmo sem ter vencido o adversário nos dois encontros (0 a 0 no Rio e derrota de 3 a 2 em Belo Horizonte), o Fluminense acabou tendo maior regularidade e carregou mais um troféu para o Salão Nobre das Laranjeiras.

A resposta alvinegra veio na temporada seguinte, quando, sob o comando do então técnico Cuca e a batuta de Ronaldinho Gaúcho, alcançava, debaixo de muita dramaticidade, a inédita Taça Libertadores da América, título que o Tricolor ainda não possui.

Publicidade

Na Série A do ano passado, o Atlético-MG levou a melhor nos dois encontros. No Mané Garrincha, em Brasília, mesmo amargando uma recente eliminação da Taça Libertadores, os mineiros não tomaram conhecimento e aplicaram sonoros 4 a 1 na agremiação das Laranjeiras. No Maracanã, o duelo teve um pouco mais de equilíbrio, no entanto, o Galo voltou para a Terra das Alterosas com um triunfo de 2 a 1. #Atlético Mineiro #PaixãoPorFutebol