Tentando equilibrar as suas finanças, o #Fluminense vem sofrendo com mais um empecilho. Segundo o portal Explosão Tricolor informou na tarde desta quarta, a agremiação das Laranjeiras teria um dívida de R$ 3 milhões com o empresário do lateral-esquerdo Giovanni, que está no clube desde o final de 2014.

Ainda conforme o site, a diretoria da equipe das Laranjeiras vem se encontrando constantemente com o agente (nome não foi divulgado) para buscar equacionar essa pendência. A tendência é de o atleta ser liberado o mais rápido possível sem haver a necessidade de pagamento de multa rescisória. Ainda não há, todavia, um prazo para a definição do caso.

Publicidade
Publicidade

Trazido junto ao Criciúma para o lugar de Carlinhos, que, depois de quatro anos defendendo o Fluminense, rumou para o São Paulo, Giovanni começou meio tímido. Aos poucos, foi firmando-se e assegurou a sua vaga na equipe titular. No entanto, durante um jogo contra o Goiás no #Campeonato Brasileiro de 2015, sofreu uma ruptura dos ligamentos do pé direito e só retornou aos gramados no início da atual temporada. Por conta da longa inatividade, jamais repetiu o bom rendimento anterior e, desde então, vem sendo bastante questionado tanto por parte de quem manda no departamento de futebol do clube quanto pelos torcedores.

A insatisfação com o camisa 6 é tamanha que, recentemente, atendendo a uma indicação do técnico Levir Culpi, o Fluminense foi até o Toulouse, da França e contratou, por empréstimo de um ano, o jovem William Matheus, de 23 anos, atleta revelado pelo Vasco, além de passagens por Goiás e Palmeiras e que deve estrear no clássico do próximo domingo, na Arena das Dunas, em Natal, contra o Flamengo.

Publicidade

Outro especialista no grupo é Ayrton, vindo das categorias de base e considerado inexperiente para assumir a posição.

Diante desses problemas, Wellington Silva, que, originalmente, é lateral-direito, vem sendo improvisado na esquerda e, mesmo com as limitações naturais, vem correspondendo.

Em 11º lugar com 13 pontos o Fluminense volta a jogar pelo Brasileirão nesta quarta, às 21h45 (de Brasília), no Kléber Andrade, em Cariacica, região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, contra o Santos. #PaixãoPorFutebol