Desde que a Arena do Grêmio foi construída, há mais de dois anos, os torcedores tricolores sofrem com as provocações dos seus rivais colorados de que os gremistas estão num estádio que pertence a OAS, empreiteira que o construiu. e não ao clube. Inclusive um ilustre presidente tricolor, Hélio Dourado, chegou a declarar que o #Grêmio não tinha estádio e que fez um mau negócio saindo do Olímpico. 

Pois bem, esta situação parece estar sendo superada, pois a direção gremista reuniu-se na tarde desta terça-feira com representantes da Caixa Federal, um dos bancos que financiou a obra, e a OAS, que construiu o estádio, para encaminhar o processo de aquisição da gestão da Arena.

Publicidade
Publicidade

A partir deste acordo o Conselho de Administração do Grêmio se reunirá para firmar um termo de compromisso entre as partes interessadas que servirá para evitar qualquer tipo de retrocesso nas negociações. 

Com a assinatura do acordo entre todos os envolvidos, o Tricolor gaúcho arcará com a dívida de 113 milhões de reais contraída pela empreiteira OAS junto aos bancos BNDES, Banrisul, Santander e Banco do Brasil. Além disto, o Grêmio pagará mensalmente 2 milhões de reais durante os próximos sete anos que cairá para 1 milhão e meio depois deste período até completar os 19 anos restantes do contrato. O destinatário destes pagamentos passou a ser a Caixa Federal como parte de um financiamento. Anteriormente era a OAS.

Ultimados estes acordos aí sim o Grêmio passa a ser dono absoluto da Arena não estando mais atrelado com a OAS pelos próximos 20 anos numa relação que sempre foi tumultuada e tensa.

Publicidade

Sendo dono do estádio, o Tricolor passará a faturar com as bilheterias das partidas, verba que antes ia integramente para a empreiteira, bem como comercializar salas na Arena e os direitos de nome. Os sócios sem pagamento de entrada também deixarão de representar um custo para a gestão gremista junto a OAS. No entanto, ficará sob responsabilidade do Grêmio os custos de manutenção do seu estádio. 

Para o torcedor gremista a definição desta situação será comemorada praticamente como se fosse a conquista de um título. Inclusive o próprio presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, chegou a declarar que assim que o contrato de gestão da Arena for assinado e passar para as mãos do Tricolor gaúcho, pretende organizar uma festa na casa Tricolor aí sim, de fato e de direito.  #Futebol #PaixãoPorFutebol