Paulo Nobre, presidente do #Palmeiras, é um cidadão muito bem de vida. Desde criança herdou uma fortuna e vive recheado de luxos e 'mimos'. O mandatário palmeirense é um dos maiores acionistas do Banco Itaú e tem uma fortuna guardada. É possível entender a situação pela quantidade de dinheiro que ele repassa para o Palmeiras, clube que é presidente desde o início de 2013. 

O portal esportivo UOL averiguou que Nobre foi responsável direto pelas contratações de Róger Guedes e Yerry Mina. Guedes, de apenas 19 anos, veio do Criciúma. Mina ainda não estreou e deve chegar logo após as Olimpíadas, que serão realizadas no Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

Os valores não foram divulgados. 

Se os atletas tiverem valorização, o lucro será repassado para os cofres do Palmeiras. Se não, os custos do negócio serão absorvidos pelo próprio presidente. Só em 2016 já foram repassados mais de R$ 22 milhões.

Briga com a Crefisa motivou mais empréstimos

O Palmeiras viveu um certo litígio com a Crefisa, patrocinadora máster do uniforme. O clube queria lançar uma camisa retroativa com o logo da Parmalat, empresa que fez sucesso como cogestora na década de 1990. Ao saber disso, Leila Pereira, empresária do grupo Crefisa/FAM, resolveu suspender os pagamentos mensais que giram em torno de R$ 6 milhões. A situação só foi normalizada meses depois quando uma reunião acertou e aparou as arestas. Além da camisa retro, o Palmeiras divulgou uma hashtag divulgando seu programa de sócio torcedor, o Avanti.

Publicidade

O caso também irritou Pereira.

Nesse meio-tempo, Paulo Nobre injetou mais dinheiro no Palmeiras para evitar que as dívidas se acumulassem. O COF, Conselho de Orientação e Fiscalização, afirmou que esse tipo de atitude transforma o Palmeiras em 'refém' do atual presidente. Parte dos conselheiros também criticam ferrenhamente esse tipo de empréstimo promovido. 

Clássico contra o Flamengo

No final de semana, Flamengo e Palmeiras se enfrentam em Brasília pela sexta rodada do Brasileiro. O técnico Cuca deverá manter Moisés e Roger Guedes como titulares.  #Futebol #PaixãoPorFutebol