O presidente do #Corinthians, Roberto de Andrade, mostrou indignação contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em entrevista coletiva no fim da tarde desta quarta-feira (15), no CT Joaquim Grava. O manda-chuva corintiano entende que houve desrespeito na forma como a CBF contratou Tite para a Seleção Brasileira. Ao menos o comandante gaúcho, o diretor Edu Gaspar e o auxiliar Cléber Xavier devem deixar o Timão rumo à Seleção Brasileira. O acordo está bem perto de ser fechado.

Não houve uma única crítica ao técnico. Andrade disse que Tite merece a Seleção, mas a Seleção não merece o técnico. Um claro desabafo sobre o comando da CBF.

Publicidade
Publicidade

Roberto ainda revelou que Tite não treina mais o Corinthians. Quem deve comandar a equipe na partida hoje, contra o Fluminense, será o auxiliar técnico Fábio Carille. O agora ex-alvinegro, que foi bicampeão brasileiro 2011-15, campeão da Copa Libertadores da América 2012, do Mundial de Clubes da FIFA 2012, da Recopa Sul-Americana 2013, Campeão Paulista 2013, está liberado oficialmente pelo Corinthians para assinar contrato com a CBF e se tornar o novo técnico da Seleção Brasileira.

Desde que Andrés Sanchez assumiu a presidência do Corinthians, em 2007, o clube vive um gradual afastamento político com a CBF, tanto com o comando de José Maria Marin quanto com Marco Polo Del Nero. Não é segredo que Sanchez queria a presidência da CBF para lutar pela melhoria do futebol nacional. O dirigente já apontava a meta quando se desligou do cargo de superintendente de futebol do Timão em janeiro deste ano.

Publicidade

O clube já reclamou diversas vezes sobre a entidade que comanda o futebol brasileiro. O ex-presidente, Mário Gobbi, já queixava-se de um certo assédio sobre o nome de Tite em 2012. O próprio Tite reclamou sobre os jogos realizados às 11 horas da manhã de domingo no atual Campeonato Brasileiro. 

Roberto de Andrade ficou indignado pelo fato de não ter recebido nenhum telefonema de Marco Polo Dei Nero. Segundo ele, não houve comunicação da CBF que estava negociando com o técnico, que estava trabalhando com contrato assinado com no Pq. S. Jorge: "Só isso que eu exijo, respeito ao Corinthians!". O alvinegro, atual hexacampeão brasileiro tem razão para reclamar, afinal, em 18 anos, a CBF "meteu a mão" quatro vezes e levou o comandante corintiano. Mesmo assim o clube paulista foi várias campeão no período de 1998 a 2015. Confira a lista de títulos do Corinthians: 

  • 5 Campeonatos Paulista (1999, 2001, 2003, 2009* e 2013)
  • 5 Campeonatos Brasileiros (1998, 1999, 2005, 2011 e 2015)
  • 1 Campeonato Brasileiro da Série B (2008)
  • 2 Copas do Brasil (2002 e 2009)
  • 2 Mundial de Clubes da FIFA (2000* e 2012*)
  • 1 Copa Libertadores da América (2012*)
  • 1 Recopa Sul-Americana (2013*)

* Títulos invictos. #Corrupção no futebol #PaixãoPorFutebol