Há quatro anos, o PSG domina totalmente o #Futebol francês. Nessa temporada, o clube de Paris sagrou-se tetracampeão francês e também conquistou a Copa da França e a Copa da Liga. Apesar de todas essas conquistas, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, não está satisfeito. Em entrevista concedida ao jornal Le Parisien, Al-Khelaifi considerou a temporada 15/16 um fracasso, pois o principal objetivo do PSG, a conquista da Liga dos Campeões, não foi alcançado.

Honestamente, acho que falhamos nesta temporada, apesar de novos troféus a nível nacional. Nós não atingimos o nosso objetivo na Liga dos Campeões, por isso é uma temporada ruim. Estou aqui há 5 anos e esta é primeira vez que temos esse sentimento de fracasso."

Nasser Al-Khelaifi aproveitou para criticar a postura do time do PSG no jogo de volta contra o Manchester City pelas quartas de final da Liga dos Campeões.

Publicidade
Publicidade

Na opinião do presidente do clube parisiense, os jogadores do PSG não estavam suficientemente motivados para a partida contra os ingleses e entraram em campo sentindo-se derrotados:

Duas horas antes da partida contra o City, eu já sabia que íamos perder, Não via os jogadores ligados e disse isso a um membro do staff. Não os via com vontade de lutar. Perdemos antes jogar. De que é a culpa? Isso não pode voltar a acontecer!”

A declaração de Nasser Al-Khelaifi pode ser interpretada como um sinal de que Laurent Blanc não permanecerá no comando da equipe. Perguntado sobre o futuro de Blanc à frente do time do PSG, Al-Khelaifi respondeu que o treinador francês contou com o seu apoio durante três anos, mas agora é preciso pensar em construir um PSG que seja forte nas competições europeias.

As especulações a respeito do futuro de Laurent Blanc, no comando do PSG, aumentaram após o portal Yahoo! ter divulgado que o clube já iniciou uma conversa com Diego Simeone, treinador do Atlético de Madrid, que deixou em aberto o seu futuro no clube espanhol, após derrota para o Real Madrid, na final da Liga dos Campeões.

Publicidade

Nasser Al-Khelaifi não confirmou o interesse do PSG em contratar Simeone, mas fez questão de elogiar o trabalho do técnico argentino à frente do Atlético de Madrid:

Tenho um grande respeito pelo Atlético, pelo clube, pelo time e por seus torcedores. Eles têm uma grande motivação e mereceram estar na final da Liga dos Campeões. Esta é a segunda vez em três anos que decidem o torneio e isso não é nenhuma coincidência.”

Ainda, sobre o futuro do PSG, Nasser Al-Khelaifi foi questionado sobre quem seria o substituto de Zlatan Ibrahimovic, que deixou o clube no fim dessa temporada. O presidente revelou que a solução para esse “problema” está dentro do próprio PSG e chama-se Edinson Cavani. Al-Khelaifi afirmou que o atacante uruguaio é um grande artilheiro e um dos melhores do mundo na sua posição e, por esses motivos, não precisa buscar um substituto para Ibrahimovic em outro lugar. #Europa #Futebol Internacional