O velejador Robert Scheidt é considerado o maior medalhista brasileiro em Jogos Olímpicos, levando-se em conta a importância de suas medalhas.

Empatado com o também velejador Torben Grael com 5 medalhas, Scheidt leva vantagem por ter duas de ouro, duas de prata e uma de bronze,  enquanto Grael tem duas de ouro, uma de prata e duas de bronze.

Robert Scheidt já participou de 5 Olimpíadas, tendo a impressionante marca de subir ao pódio em todas elas.  Sua primeira Olimpíada foi a de Atlanta, em 1996, onde ganhou a medalha de ouro na classe laser, individual. Na Olimpíada seguinte, Sydney, em 2000, voltou a competir na classe laser e conquistou a medalha de prata.

Publicidade
Publicidade

Em Atenas, 2004, ainda na classe laser conquistou seu segundo ouro. Em Pequim, 2008, Scheidt, que já havia mudado de modalidade, agora competindo na classe star em dupla com Bruno Prada, conquistou sua segunda prata. E, em 2012, em Londres, também na classe star, conquistou o bronze.

Robert Scheidt possui também 5 medalhas em Jogos Pan-americanos, todas pela classe laser. Ouro em Winnipeg, 1999, ouro em Santo Domingo, 2003, ouro  em Mar del Plata, 1995, prata no Rio de Janeiro, 2007, e prata em Toronto, 2015.

Dono de um invejável currículo, Scheidt conquistou por 13 vezes a medalha de ouro em campeonatos mundiais: Na Escócia, em 1991; na Espanha, em 1995; na África do Sul, em 1996; no Chile, em 1997; no México, em 2000; na Irlanda, em 2001; nos EUA, em  2002; na Turquia, em 2004; no Brasil, em 2005 - todas pela classe laser.

Publicidade

Em Portugal, em 2007;  Austrália, em 2011; França, em 2012, pela categoria star. Além disso, foi medalha de prata por 3 vezes e  bronze 1 vez.

Ao todo são 162 títulos em diversas competições.

Vale lembrar que o maior medalhista Olímpico da história é o nadador americano Michael Phelps com 18 medalhas de ouro e 22 no total. Phelps, que havia anunciado o encerramento de sua carreira após os jogos de Londres 2012, retornou às piscinas em 2014 e vem com força para a Rio 2016.

Paulista, nascido na Cidade de São Paulo, em 15 de abril de 1973, começou a competir cedo, aos 9 anos. Conquistou seu primeiro título aos 11 anos, quando venceu o Campeonato Sul-Americano da classe Optimist, que são barcos pequenos para crianças.

Na Rio 2016, ele pode se isolar também em total de medalhas.

Vale toda a nossa torcida para esse grande campeão.

Robert Scheidt, nosso maior herói Olímpico. #Rio2016