Ótima notícia para #Seleção Brasileira, péssima notícia para o torcedor são-paulino: Paulo Henrique Ganso, meio-campista do São Paulo, que vive ótima fase há algum tempo, foi convocado para a Seleção Brasileira, no lugar de Ricardo Kaká.

Kaká sentiu um pequeno desconforto muscular em um dos treinamentos, e depois de alguns exames feitos, ficou constatado que o meia, jogador do Orlando City, sofreu uma pequena lesão, e por conta disso o experiente jogador irá precisar de 15 a 20 dias para se recuperar completamente. 

Como nesse meio tempo a seleção vai estrear pela copa América, Paulo Henrique Ganso vai ser convocado para seleção no lugar de Kaká.

Publicidade
Publicidade

Gilmar Rinaldi, coordenador da CBF, só aguarda autorização da Conmebol para anunciar a convocação do meia do Morumbi. 

Com o corte de Kaká, esse já é o quinto jogador que a nossa seleção perdeu. Tudo começou com o atacante do Santos, Ricardo Oliveira, que não pode se apresentar, depois foi a vez do jogador do Bayern de Munique, Douglas Costa, sentir uma lesão, o que ocasionou a convocação do Kaká, que agora se lesionou também, dando espaço para Paulo Henrique Ganso.

A seleção já tinha anunciado em outro momento que o goleiro Ederson, do Benfica, e o meio campista Rafinha Alcântara, do Barcelona, não teriam condições de atuar pela canarinho - os dois deram espaço para Marcelo Ghohe, jogador do Grêmio e Lucas Moura, meia-atacante do Paris Saint-Germain. 

Com todos esses acontecimentos, o técnico Dunga vai encontrando dificuldades para encontrar o grupo ideal, mas mesmo com todos esses problemas, a seleção ainda encontra-se "com sorte", pois pelo regulamento do campeonato, o treinador brasileiro tem até sexta-feira, dia 03, para trocar os jogadores lesionados, ou que por algum motivo não puderem fazer parte do grupo. 

Lembrando que muitas dessas lesões ocorreram por causa do final de temporada da Europa, que fez com que os jogadores já chegassem "estourados" para disputa da Copa América.

Publicidade

 A estreia brasileira está marcada para sábado (4), às 23 horas, contra o Equador. #Seleção de Futebol #Futebol