Iniciar essa matéria falando sobre as dificuldades que o Botafogo está tendo na atual temporada, é como iniciar um conto de fadas com o tal do "era uma vez...", porém, é necessário que seja informado que a cada dia que passa as coisas têm ficado um pouco mais complicadas para o técnico Ricardo Gomes, a cada jogo o departamento médico recebe mais jogadores.

O fato foi uma das pautas discutidas entre os dirigentes e os médicos do clube na noite da última terça-feira, 21. Vejamos a lista de jogadores que estão em algum tipo de tratamento: Jefferson, Airton, Diogo Barbosa, Carli, Fernandes, Luis Ricardo, Emerson, Neilton, Octávio, Lindoso, Luís Henrique e Leandrinho.

Publicidade
Publicidade

Para entender a razão da preocupação, vamos isolar o caso do Leandrinho, já são 12 lesões, se somada essa última contusão na coxa esquerda, em apenas seis meses. O clube hoje tem tido uma média de dois machucados por mês. Já seria muito, se não houvesse também os casos menos sérios. Entende-se como casos menos sérios aqueles que desfalcaram a equipe por apenas um ou dois jogos devido a dores não tão preocupantes, um exemplo é o Sassá - o atleta estará fora do jogo nessa quarta-feira, 22.

QUEM ESCALAR?

E é em meio a essa situação que o comandante Ricardo Gomes tem que fazer sua escalação. Só para dimensionar a dificuldade que Gomes tem tido esse ano, lembremos que o técnico chega na décima rodada do #Campeonato Brasileiro sem conseguir repetir a mesma escalação - em dois jogos consecutivos - para a próxima partida.

Publicidade

São seis baixas em um time de onze atletas. Os que estão desfalcando o time principal são: Jefferson, Carli, Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense, Emerson, Sassá e Leandrinho. Pendurados: Bruno Silva, Leandrinho e Aquino. Isso faz com que a escalação provável seja: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Airton; Bruno Silva, Yaca e Gegê; Neilton e Ribamar.

Por enquanto, Ricardo Gomes mantém em segredo a escalação do time que defenderá o clube Alvinegro no próximo embate - ou ainda nem sabe quem entrará em campo. O #Botafogo entra em campo precisando dos três pontos, pois o time luta para sair da zona de rebaixamento. Apenas ganhar o jogo contra o Figueirense não será suficiente, o Botafogo ainda dependerá do resultado de outros jogos (Coritiba vs Internacional; Atlético-MG vs Corinthians; Sport vs São Paulo; Vitória vs Grêmio; e Cruzeiro vs Ponte Preta).

O Botafogo irá torcer para que ao menos três dos cinco times tropecem. Possível é, mas o Alvinegro terá que fazer a sua parte.

Publicidade

E a parte que fica na responsabilidade do clube é a de quebrar o jejum de três anos contra o Figueirense. Desde 2013, o Botafogo não vence o Figueirense - a última vez foi em volta Redonda, depois foram cinco jogos, um acabando empatado e os outros quatro com derrota.

Aliás, na última, o Botafogo foi eliminado da Copa do Brasil jogando dentro de casa. Na ocasião, Renê Simões perdeu o emprego de técnico. No retrospecto, o Botafogo leva a pior, mas o Fogão terá a chance de contradizer os números no jogo de hoje.

O Botafogo enfrentará o Figueirense pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, no jogo que acontecerá às 21h, em Juiz de Fora, Minas Gerais. O Estádio Mário Helênio será o palco dessa disputa. #Resenha Esportiva