O #Corinthians será o próximo adversário do São Paulo no Campeonato Brasileiro, partida que acontecerá na Arena Corinthians no próximo domingo (17), às 16h (horário de Brasília), pela 15ª rodada do torneio.

Antes de pensar nesse jogo, o elenco tricolor precisa se concentrar exclusivamente na Copa Libertadores da América e, especificamente, na partida que lhe concederá, ou não, vaga para a final do torneio. Nesta quarta-feira (13), os colombianos do Atlético Nacional entrarão em campo com a vantagem dos dois tentos marcados no Morumbi, dia 6, obrigando o time de Edgardo Bauza a repetir o mesmo placar no Estádio Atanasio Girardot, em Medellín, para levar a decisão para os pênaltis.

Publicidade
Publicidade

Se o Atlético Nacional marcar um gol em casa, o São Paulo terá de fazer 3 para seguir adiante no torneio. Vale lembrar que o adversário são-paulino ainda não foi derrotado na competição atuando em sua casa.

Mas uma leve provocação de um jogador corintiano poderá mexer com o brio dos atletas do tricampeão da Libertadores e colocar ainda mais fogo na luta pela conquista da taça do continental, além de deixar o time são-paulino com mais vontade de derrotar os corintianos na partida pelo Brasileirão. Enquanto os demais atletas do Corinthians evitaram respostas diretas, alguns dizendo inclusive que nem assistiram a partida da semana passada e também não assistirão a desta semana, caso do lateral direito Fagner, que disse que assistir a um filme vai ser mais interessante do que ver Atlético Nacional-COL X São Paulo, o meia atacante Marquinhos Gabriel disse, sem rodeios, que vai 'secar' o time do Morumbi. No entanto, sobre o confronto do domingo, o jogador corintiano foi sensato ao dizer que, independentemente do resultado na Colômbia, o tricolor paulista vai entrar em campo para ganhar o jogo.

Publicidade

Fagner acompanhou a declaração de Marquinhos Gabriel e disse que Corinthians X São Paulo trata-se de um clássico e, por esta razão, o dever do elenco de Parque São Jorge é descansar e se preparar bem para encarar um adversário que entrará motivado, independentemente do que aconteça na Colômbia.

O técnico Cristóvão Borges trabalha com todas as possibilidades para o duelo contra o São Paulo. O treinador cogita encontrar um adversário cansado por conta de uma eliminação da Libertadores e da pressão da disputa de uma partida na altitude de mais de 1.530 metros, como também não descarta ter de receber, em sua própria casa, um time focado na final do torneio continental ou cheio de gás para recuperar-se na tabela do nacional.

Independentemente do que acontecer com o São Paulo em Medellín, Borges sabe que seus comandados encontrarão adversários nada fáceis no domingo, dizendo, inclusive, que o tricolor é um time que oferece grande perigo e em um clássico as equipes sempre se equiparam, tendo sempre a possibilidade de o time em posição desconfortável na tabela reagir e melhorar sua colocação, o que, na opinião de Cristóvão, torna-se um risco a mais para seu time.

Publicidade

#Copa Libertadores 2016 #São Paulo FC