A saída do atacante Alexandre Pato deixou a maioria da torcida do #Corinthians feliz. Os motivos pelos quais o torcedor não gosta do atleta são conhecidos, seja porque ele nunca demostrou interesse em jogar pelo Timão ou até mesmo, a sua falta de comprometimento. Para preencher a vaga deixada por Pato, a cúpula alvinegra estuda a possibilidade de contratar o atacante Gustavo, do Criciúma.

O interesse em contar com o destaque do time catarinense partiu do técnico Cristóvão Borges, que analisa usá-lo como centroavante. Antes mesmo da saída de Alexandre Pato, o Timão já havia contactado os representantes de Gustavo.

Com a janela de transferências do exterior fechada, nenhum clube brasileiro pode trazer jogadores do mercado da bola europeu.

Publicidade
Publicidade

Contudo, as atenções estão voltadas para o jogador de 22 anos, que, atualmente, é um dos destaques do Campeonato Brasileiro da série B com 11 gols marcados.

O atleta não é formato 'pizza', portanto, o Criciúma detém 100% de seus direitos federativos e sua multa de rescisão de contrato gira em torno de R$ 12 milhões. A diretoria do clube de Santa Catarina não quer negocia-lo por empréstimo, assim, estima-se que a possibilidade de que o clube negocie junto ao Corinthians parte dos direitos econômicos, já que Tigre deseja ficar com outra parte, pois, atuando em um grande clube, o jogador deverá ser mais valorizado e, consequentemente, trazer retorno financeiro para a equipe em uma possível transferência no futuro.

Gustavo se destacou na Copa São Paulo de #Futebol Júnior, competição essa que serve de grande vitrine para os jovens.

Publicidade

Naquela época, o atleta defendia o Taboão da Serra. Antes mesmo de ganhar espaço e se destacar no Criciúma, 'Gustagol' foi emprestado para outras equipes.

Corinthians não quer gastar muito em contratações

Eduardo Ferreira, que é diretor de futebol do clube, informou que o Corinthians não vai gastar muito dinheiro em novas contratações, contudo, a contratação do atacante Gustavo não é descartada nem por Cristóvão e nem pela comissão alvinegra.

A venda de Pato pode ajudar os cofres do clube paulista para trazer novos jogadores, pois os valores envolvidos no negócio gira em torno dos R$ 10 milhões. O Timão era detentor de 60% de seus direitos. #Negócios