O mercado da bola anda bem agitado para os clubes brasileiros e com o #Corinthians não é diferente, pois, o clube acertou nesta quinta-feira (14), o empréstimo de Maycon. O volante tem 19 anos, foi formado pelo Timão, mas vai defender a Ponte Preta até o mês de dezembro, período no qual se encerra o Campeonato Brasileiro.

No mês passado, a Macaca já havia tentado negociar com Corinthians sobre a possibilidade de o atleta atuar na equipe, mas o clube de Campinas não obteve sucesso. O Coritiba também já havia consultado o Timão sobre a situação de Maycon, mas, assim como a Ponte, o clube paranaense não ouviu boas notícias.

Publicidade
Publicidade

Neste ano, Maycon conseguiu se destacar na Copa São Paulo de #Futebol Júnior deste ano, desta forma, acabou chamando atenção da comissão técnica do Corinthians, consequentemente, ganhou um aumento salarial e estendeu seu contrato até 2019, só que agora, como jogador profissional. Apesar de ser visto com bons olhos, o volante não se firmou na equipe principal, assim, foi perdendo espaço e sendo 'esquecido' por Tite, agora na Seleção, e Cristóvão Borges, recém chegado no clube paulista.

Foi o técnico Tite que decidiu promover o atleta. Logo após, passou a ser tratado como promessa, já que nesta temporada ele esteve presente dentro de campo em 15 oportunidades e marcou apenas um gol. Com Cristóvão Borges no comando, ele jogou apenas oito minutos, no confronto diante do Flamengo, na Arena Corinthians.

Publicidade

Nas redes sociais, torcedores não gostaram da notícia

Esses torcedores criticaram duramente aos dirigentes do Timão: "Diretoria do Corinthians emprestou Maycon que é mil vezes melhor que Rodriguinho #FechaABase cambada de incompetentes". "E o Corinthians emprestou o Maycon para a Ponte Preta... O que eu quero falar não cabe em 140 caracteres. Incompetentes!". "Emprestar o Maycon para a Ponte e continuar com Bruno Henrique, Rodriguinho e Willians? Só pode ser brincadeira!"

Com a saída de Maycon, o Corinthians tem mais cinco volantes na equipe: Elias, Camacho, Cristian, Willians e Bruno Henrique. #PaixãoPorFutebol