Mesmo sabendo que Claudio Aquino teve problemas de comportamento, o #Fluminense investiu no meia argentino, com passagens por Independiente e Godoy Cruz, para ser um de seus reforços, visando o segundo semestre da atual temporada. Nesta segunda, em entrevista concedida ao repórter Wilson Pimentel, da Rádio Tupi, o diretor-executivo de #Futebol Jorge Macedo explicou o porquê de o Tricolor ter feito essa contratação.

Segundo o dirigente, não há como prever como Aquino se portará no Rio de Janeiro, mas é um jogador de qualidade, mais amadurecido e buscando reencontrar o seu futebol.

"Garantia (de ele não arrumar confusão no Rio) ninguém tem.

Publicidade
Publicidade

É um jogador que tem muito potencial. Precisava respirar novos ares. Ele sabe que fez algumas coisas no passado e amadureceu bastante, é noivo, está para casar e vem para o Fluminense como a chance da vida dele", explicou o dirigente.

Tendo 25 anos e nascido em Adrogué, região metropolitana da capital Buenos Aires, Aquino também vestiu, em seu país, o Ferro Carril Oeste. Inicialmente, assinou um vínculo com o Flu por empréstimo até julho de 2017. Caso agrade, a equipe das Laranjeiras terá a primazia de adquiri-lo em definitivo junto ao Independiente.

Claudio Aquino integrou um pacotão de seis jogadores trazidos pelo Fluminense nos últimos meses. Além dele, vieram os apoiadores Danilinho, Marquinho e Alexis Rojas. Completam a lista, os atacantes Wellington e Henrique Dourado. 

A expectativa da diretoria e da torcida é que o rendimento do time cresça, especialmente no segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Em 12º lugar, o Tricolor volta a atuar pelo principal certame do futebol nacional no próximo domingo, às 11h (de Brasília), quando recebe, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, no Grande Rio, a Ponte Preta. 

Antes, na quarta, a partir das 21h45 (de Brasília), o desafio é o confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Depois de ficar no 1 a 1 na partida ocorrida no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Fluminense, se quiser avançar no torneio, precisa vencer ou empatar por, no mínimo, 2 a 2 com o Ypiranga-RS no Colosso da Lagoa, em Erechim, interior do Rio Grande do Sul. #PaixãoPorFutebol