A participação da Seleção Brasileira na Copa América Centenário foi decepcionante para os brasileiros; para o torcedor são-paulino foi pior ainda. Foi atuando por sua seleção, a do Chile (campeã do torneio), que o lateral-esquerdo do tricolor, Eugenio Mena, acabou contundido após estiramento na coxa direita. O atleta foi liberado para retornar ao Brasil e iniciar o tratamento para sua rápida recuperação e, assim, não desfalcar o Soberano nas semifinais da Copa Libertadores. Ele acabou assistindo a vitória de seus companheiros, nos pênaltis, sobre a Argentina, pela final da Copa América, pela TV. 

Recuperado, Mena já foi anunciado por Bauza, neste domingo (3), como reforço garantido no gramado do Morumbi para o primeiro confronto contra os colombianos do Atlético Nacional, partida que acontecerá às 21h45 desta quarta-feira (6).

Publicidade
Publicidade

Patón fez a revelação ainda em Campinas após a derrota do São Paulo diante da Ponte Preta, pela 13ª rodada do nacional, por 1 a 0.

Sem preocupações com o chileno, o desafio do departamento médico do Tricolor, agora, é deixar Paulo Henrique Ganso, com previsão de afastamento por até três semanas, também em razão de estiramento na coxa direita; e Hudson em condições de disputarem as semifinais. Ganso se machucou no final da partida em que o São Paulo venceu o Fluminense por 2 a 1, dia 29 de junho, na 12ª rodada do #Campeonato Brasileiro.  

Edgardo Bauza, na mesma declaração que deu sobre a presença de Mena em campo na quarta-feira, foi bastante otimista em contar com a volta de seu camisa 10, mas é provável que isso não aconteça dada a seriedade da lesão que acometeu o 'Maestro'.

Caso se confirme a ausência de PH Ganso e o retorno de Hudson, este segundo deverá atuar com João Schmidt para Thiago Mendes desempenhar a função de criar jogadas.

Publicidade

Se o capitão Tricolor também não retornar, Mendes deverá jogar mais atrás e terá Ytalo, substituto direto de Luiz Araújo, como antagonista.

O técnico são-paulino não confirmou Ytalo, preferindo apostar na presença de Thiago Mendes no setor. Ele também não revelou quem vai atuar na vaga de Kelvin, outro com estiramento na coxa, mas do lado esquerdo.

Dizendo que o ar de muitos era de pessimismo total quanto às possibilidades do Soberano chegar aonde chegou, Bauza confia nos dias de preparação dizendo que a morte é o limite para a defesa da conquista do campeonato continental. #Futebol #São Paulo FC