Devido à impossibilidade de poder atuar no Rio de Janeiro durante o mês de agosto por conta da realização das Olimpíadas, atendendo a um pedido do Grupamento Especial de Policiamento de Estádios (GEPE), o #Fluminense conseguiu, após longa reunião com a diretoria da CBF nesta terça-feira (26), adiar o confronto do próximo dia 3, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, no Grande Rio, diante do Figueirense, válido pela 17ª rodada do #Campeonato Brasileiro.

A partida foi remarcada para 3 de setembro, no mesmo local, às 16h (de Brasília). A escolha dessa data veio porque, no referido final de semana, o Brasileirão estará paralisado para mais uma rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Publicidade
Publicidade

Além do Figueirense, o Flu terá, em agosto, dois jogos em casa. No dia 14, o adversário será o América-MG. Já no dia 28, o duelo será contra o Palmeiras. Essas partidas, ao que tudo indica, serão transferidas para outras cidades do território brasileiro. Cariacica, no Espírito Santo, e Brasília surgem como opções.

Desde quando o Maracanã ficou reservado aos Jogos Olímpicos do Rio, o Fluminense é um dos que vem mais sofrendo para exercer os seus mandos de campo. Durante o Campeonato Carioca e a Primeira Liga, o Tricolor recorreu a uma espécie de "Bye-Bye Brasil" para cumprir a agenda de jogos.  O Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, a Arena da Amazônia, em Manaus, o Kléber Andrade, em Cariacica, o Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Mané Garrincha, em Brasília e a Arena das Dunas, em Natal, foram as principais escolhas da agremiação das Laranjeiras durante a atual temporada.

Publicidade

Insatisfeito com essa situação, o presidente do clube, Peter Siemsen, durante a inauguração do Centro de Treinamento, ocorrida na última semana, reafirmou que existe um projeto de construção de um estádio próprio. O local seria erguido na Barra da Tijuca, na região onde foi construída a Vila Olímpica.

Com o adiamento do jogo diante do Figueirense, o "até breve" do Fluminense a Édson Passos será no domingo, contra a Ponte Preta.  #PaixãoPorFutebol