Nesta quarta-feira (27/07) Atlético Nacional-COL e Independiente Del Valle-EQU medem forças para decidir o título da Copa Libertadores da América 2016 e representar o #Futebol sul-americano no campeonato mundial de clubes da FIFA, em Dezembro. Na primeira partida da final, o Nacional de Medelín abriu o placar no Equador e assustou o adversário porque além do gol, o time colombiano fez uma ótima partida, trocou passes rápidos e objetivos, mantendo sua característica que eliminou grandes times como Rosário Central-ARG e o tri campeão do torneio São Paulo, após duas vitórias na semifinal, mesmo sendo ajudado pela arbitragem.

Jogando em casa e com apoio da torcida, mesmo tomando o primeiro gol e aparentemente sem forças para reagir, o Independiente conseguiu o empate e levou a decisão para o Atanásio Girardot, estádio do rival.

Publicidade
Publicidade

O time do equador eliminou os grandes argentinos River Plate e Boca Juniors (com direito a duas vitórias no Equador e na Argentina). Mesmo encarando a fanática torcida do Nacional, o Del Valle já mostrou nesta edição que não tem medo de encarar a torcida rival.

O grande favorito é o Atlético Nacional por ter a melhor campanha do torneio e pelo belo futebol jogado. Aliás, se for campeão, os colombianos farão a melhor campanha da Libertadores desde que foi incluído 38 equipes no ano de 2005. 

Histórico dos time na Libertadores

O Atlético Nacional já provou o gosto de ser campeão da competição mais importante da América do Sul em 1989, contra o Olímpia-PAR. Já o Independiente Del Valle chega a sua primeira final. Mesmo em seu país, nunca foi campeão nacional. Em seu histórico, o clube tem um campeonato equatoriano da segunda divisão e da terceira divisão.

Publicidade

Quebra de tabu

Esta final também quebrou o tabu de não ter na grande final times ou da Argentina ou do Brasil. Esta situação aconteceu somente há 25 anos, quando Olímpia-PAR e Colo Colo-CHI decidiram a Copa Libertadores de 1991. 

O jogo começa às 21h45 (horário de Brasília) e terá transmissão das televisões de canal fechado. #PaixãoPorFutebol