Pelo segundo ano seguido, o #Grêmio faz uma campanha bastante sólida no Brasileirão. Na próxima rodada, o bom trabalho poderá ser recompensado com a liderança do campeonato. Para isso, é claro, o tricolor primeiro precisará vencer o seu jogo contra o lanterna do certame. No domingo, a partir das 16h, o time de Roger Machado visitará o América-MG, de Enderson Moreira, no Independência, em Belo Horizonte.

No mesmo horário, jogarão Inter e Corinthians no Beira-Rio, em Porto Alegre. Por ironia do destino, o Grêmio precisará torcer por uma ajudinha preciosa do maior rival para ficar na liderança. Isso em função do Corinthians estar, no momento, na segunda colocação do campeonato.

Publicidade
Publicidade

Embora tenha os mesmos 30 pontos do Grêmio, o Timão o supera no saldo de gols, 14 contra 7. Uma vitória colorada ou até mesmo um empate nessa partida beneficiará diretamente o tricolor gaúcho.

O segundo resultado paralelo indispensável para o Grêmio se tornar líder será a derrota do Palmeiras. No domingo, às 18h30, no remodelado estádio Luso Brasileiro, o Botafogo receberá o time alviverde, que segue no primeiro lugar mesmo após a derrota por 1x0 para o Atlético-MG no domingo. O Palmeiras tem 32 pontos e só perderá a liderança para o Grêmio se perder o seu jogo. Por ter um melhor saldo (16 x 7), o time de Cuca dificilmente será ultrapassado pelos gaúchos se empatar com o Botafogo.

Desta forma, para ser líder no próximo domingo, o Grêmio precisará:

- Vencer por qualquer placar o América-MG, em Belo Horizonte.

Publicidade

- Torcer pela vitória do Botafogo sobre o Palmeiras, no Rio de Janeiro.

- Torcer pela vitória do Inter sobre o Corinthians ou por um empate nesta partida.

E para cumprir o primeiro dos objetivos, que é vencer o seu jogo e fazer sua parte, o Grêmio terá o retorno de três jogadores contra o América-MG. Marcelo Oliveira e Ramiro voltam de suspensão, enquanto o zagueiro argentino Walter Kannemann está regularizado e vira opção. No entanto, apenas o primeiro deve ser titular e retomar o posto na lateral-esquerda. #Futebol #Campeonato Brasileiro