Na última quarta-feira (20/07), Independiente Del Valle-EQU e Atlético Nacional-COL começaram a disputa pela tão sonhada taça Libertadores da América. Em busca do seu segundo título, Nacional saiu na frente após chute de fora da área do atacante Berrío, no primeiro tempo. Dominado pelo toque de bola do time de Medelín, o Del Valle só conseguiu o empate no final do segundo tempo, com o zagueiro Mina, após cobrança de falta de Sornoza.

A partida

Quando o árbitro apitou o início do jogo, Independiente Del Valle e Atlético Nacional colocaram suas características em campo. Os equatorianos jogando mais recuados, esperando o adversário atacar para usar a velocidade, juntamente com a altitude de Quito, para contra-atacar o Nacional.

Publicidade
Publicidade

Já os colombianos impuseram seu toque de bola tão elogiado pelos comentaristas de futebol e que fez o clube ter a melhor campanha da Copa Libertadores 2016, e logo começaram a dominar o adversário.

Aos aos 36 minutos do primeiro tempo, Berrío driblou os dois zagueiros do Del Valle e chutou no canto do goleiro Azcona. Nervoso e envolvido pelo Nacional, o Del Valle só levava perigo nos cruzamentos na área. Tranquilo no jogo, o Nacional não conseguia ampliar a vantagem no placar, até que aos 41 minutos do segundo tempo, Mina empatou a partida e devolveu ao clube equatoriano a chance de conquistar pela primeira a Copa Libertadores.

A grande final acontece na próxima quarta-feira (27/07), no estádio Atanasio Girardot, em Medelín. O Nacional terá todo o apoio de sua torcida para levantar a taça, enquanto que o Independiente Del Valle tentará surpreender o adversário e os comentaristas que já apontam o Nacional como campeão do torneio continental.

Publicidade

Curiosidade: dois jogos no mesmo dia

No mesmo dia em que fez a primeira partida da final da Libertadores, o Independiente Del Valle jogou a partida válida pelo campeonato equatoriano durante a tarde e perdeu do El Nacional pelo placar de cinco a dois. Isso acontecia muito no calendário do Brasil há mais de vinte anos. Certa vez o São Paulo jogou uma partida contra o Grêmio no Brasileirão 1994 e depois jogou pela extinta Copa Conmebol contra o Sporting Cristal-PER, ambas partidas foram vencidas pelo tricolor por três a um.  #Futebol Internacional