O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, está fazendo de tudo para que os Jogos Olímpicos deixem uma excelente impressão tanto para os atletas como também para os milhares de turistas que irão visitar a "Cidade Maravilhosa" durante o evento e um de seus desejos é que o game "Pokémon Go" seja lançado aqui no Brasil antes do início dos jogos.

Assim como milhões de brasileiros, o prefeito do Rio também está desesperado para ver o game de realidade aumentada disponível em terras brasileiras, não que ele queira jogar, mas sim porque deseja ver todo mundo se divertindo atrás dos monstrinhos pelas praias, Cristo Redentor e todos os outros pontos turísticos da cidade.

Publicidade
Publicidade

Jogar "Pokémon Go" no Rio de Janeiro é a melhor forma de fazer com que os turistas conheçam a cidade, pois o jogo os forçaria a deixar a comodidade do hotel para caminharem pelas ruas e isto poderia ter um peso muito grande futuramente, quando estas pessoas pensassem em voltar ao Brasil a passeio. Caso o game não seja lançado no Brasil antes das Olimpíadas, é certo que atletas e turistas irão embora com uma impressão muito ruim do Rio.

Eduardo Paes até resolveu pressionar a Nintendo e em seu perfil no Facebook ele divulgou uma mensagem lembrando que faltam poucos dias para os Jogos Olímpicos e que está todo mundo vindo para a "Cidade Maravilhosa" e aproveitou para mandar um recado à Nintendo: "Venham vocês também".

Diariamente nas redes sociais, muitos brasileiros comentam sobre a ansiedade que estão por esperarem o lançamento de "Pokémon Go" no Brasil, sem terem ao menos uma previsão de quando isto irá acontecer.

Publicidade

Através de hashtags, como a "#PokemonGoNoBrasil", as pessoas criticam o atraso do jogo que já chegou em vários lugares do mundo, mas ainda não encontra-se disponível na América do Sul.

Os primeiros países a receberem o "Pokémon Go" foram os Estados Unidos, Alemanha, Nova Zelândia e também a Austrália. Depois o game chegou nos países europeus e recentemente foi lançado no Japão. A França também acaba de ter o game disponível, o que gerou muita polêmica, uma vez que o país vem sofrendo muitos atentados terroristas e pode ser perigoso para os "treinadores", irem a certos lugares em busca dos monstrinhos, mas o governo de lá tem reforçado a segurança e garante que não há perigo e que as pessoas não podem ceder aos terroristas e viverem suas vidas normalmente.

Será que o prefeito do Rio de Janeiro conseguirá convencer a lançarem "Pokémon Go" no Brasil antes dos Jogos Olímpicos? Deixe abaixo sua opinião. #Rock in Rio #Nintendo Games #Taça Olímpica