Mais um imbróglio no #Campeonato Brasileiro. Por conta da realização das Olimpíadas, os clubes do Rio de Janeiro não poderão atuar no estado durante o mês de agosto. A determinação foi oficializada no final da tarde desta sexta, após confirmado que o Grupamento Especial de Policiamento de Estádios (GEPE) estará totalmente concentrado para a segurança do maior evento esportivo do mundo.

A medida atinge principalmente a Botafogo, Fluminense e Vasco, que ficaram impedidos de enfrentar os seus adversários na Arena da Ilha do Governador, no Giulite Coutinho e em São Januário, respectivamente. Já o Flamengo não sofrerá maiores prejuízos, uma vez que vem exercendo os seus mandos em estádios de outras cidades brasileiras.

Publicidade
Publicidade

Em depoimento concedido ao Globoesporte, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, mostrou-se bastante indignado. Segundo ele, foi uma atitude bastante insensata e garantiu que não levará o seu time para fora da 'Cidade Maravilhosa'.

"É uma total falta de planejamento. Nenhuma chance de o Botafogo levar os jogos para fora do Rio. O Botafogo não vai assumir custo nenhum por conta de Jogos Olímpicos. Investimos em um estádio. A CBF, se quiser, que adie as partidas. É uma medida extremamente infeliz", bradou o mandatário do Alvinegro, que, ao longo desse período, será mandante contra Palmeiras (01/08), Grêmio (07/08) e Sport (20/08).

Enquanto isso, Fluminense e Vasco só irão se manifestar quando forem comunicados de maneira oficial. Em Édson Passos, o Tricolor receberá Figueirense (03/08) e América-MG (14/08).

Publicidade

No dia 28 de agosto, o desafio será contra o Palmeiras, mas essa partida já está vendida para fora do Rio. Enquanto isso, o Gigante da Colina, que está na Série B, atuaria, no Rio, contra Sampaio Correa, do Maranhão (20/08) e Vila Nova (30/08).

Na temporada de 2007, por ocasião dos Jogos Pan-Americanos do Rio, o Flamengo viveu o mesmo dilema. Graças a um eficaz trabalho de bastidores na época, o Rubro-Negro conseguiu que quatro partidas daquele Brasileirão, #Rio2016