#Palmeiras e Santos fizeram um bom jogo no encerramento da décima quarta rodada do #Campeonato Brasileiro. O Verdão saiu na frente com Yerry Mina, mas acabou levando o empate em jogada de sorte de Gabriel. 

O técnico Cuca teve duas informações ruins: Mina, que marcou o gol, saiu com muitas dores e deverá passar por exames. A probabilidade é grande do atleta ser até cortado das Olimpíadas do Rio 2016. Moisés acabou sentindo problema na coxa e também deve desfalcar o time nas próximas rodadas (o meio-campista não enfrenta o Internacional porque levou o terceiro cartão amarelo).

Lance contestado

Logo no começo da segunda etapa, o lateral Zeca colocou a mão na bola dentro da área.

Publicidade
Publicidade

O árbitro não marcou. Em lance parecido, o juiz assinalou falta de Lucas Barrios. Alguns comentaristas confirmaram o pênalti e outros não acharam que foi intencional. 

Nas redes sociais, palmeirenses criticaram bastante a atuação da arbitragem. O Palmeiras já havia sido prejudicado em outras rodadas. Paulo Nobre, presidente do clube, foi até a CBF (Confederação Brasileira de #Futebol) conversar pessoalmente com Marco Polo del Nero afim de apontar falhas e problemas com árbitros. 

Novos reforços

Após o empate, Cuca voltou a pedir reforços no Palmeiras. A equipe atuou sem Gabriel Jesus, Róger Guedes e Thiago Santos. Jesus, inclusive, deve ser ausência no mês de agosto inteiro, já que defenderá a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. 

"Esperamos que seja analisada essa janela.

Publicidade

Será bom," disse o treinador. Alexandre Mattos, executivo de futebol do clube, está de olho no mercado. Leandro Pereira foi o último reforço fechado pela diretoria alviverde, que pode trazer mais alguns atletas. 

Recorde e média

A torcida do Palmeiras continua empolgada e com vontade de apoiar o time rumo ao título. Ontem à noite, o Allianz Parque, arena palmeirense, recebeu 40 mil pessoas. O financeiro registrou quase R$ 3 milhões de renda. Além disso o Alviverde é o dono da maior média de público do Nacional.