O #Palmeiras terá a despedida oficial temporária de dois dos seus melhores jogadores. Neste domingo, o Verdão encara o Internacional em Porto Alegre e precisa vencer para continuar na liderança. O Corinthians, vice-líder, encara o São Paulo em Itaquera e tem a chance de passar o Alviverde na classificação. 

Fernando Prass e Gabriel Jesus vão se apresentar para Rogério Micale, técnico da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Com isso, o técnico Cuca, do Palmeiras, precisará repensar a forma como a equipe joga. 

No lugar de Prass, Cuca garantiu Vágner. Segundo informações, o treinador acredita que o ex-goleiro do Avaí está mais preparado que Jaílson.

Publicidade
Publicidade

Para o lugar de Jesus ainda não existe substituto. Na semana passada Cuca pediu mais reforços para a diretoria, mas não sabe se será atendido. A folha salarial do clube é bastante alta e o elenco é grande. Cuca deverá achar opções dentro do próprio elenco. 

Tabu gigante

O Palmeiras não vence o Internacional no Beira-Rio desde 1997. Faz muito tempo. E Cuca sabe que para manter o time na liderança será necessário trazer os três pontos. Para o duelo, Róger Guedes e Jesus estão de volta. O 'trio mágico' pode ser escalado novamente, com Dudu comandando o ataque. 

Jesus fora?

O nome de Gabriel Jesus virou sensação na Europa. Na edição de hoje, o Diário AS confirmou que o Real Madrid fará proposta oficial para contar com o jogador. A exigência de Jesus é terminar a temporada no Palmeiras, mas talvez isso não aconteça.

Publicidade

Se confirmar a boa atuação nas Olimpíadas, será um trabalho muito grande segurá-lo no Brasil. 

Outro fator que pode favorecer o Verdão e a continuidade de Jesus aqui é a divisão de seu passe. São dois empresários, o clube e o próprio jogador. Esse tipo de negócio envolve várias fatias e uma dificuldade natural em convencer todas as partes. 

Na semana passada, Gabriel procurou Cuca para conversar e pedir conselhos sobre seu futuro. O técnico palmeirense já havia dito que se Jesus quiser jogar no Barcelona ou no Real Madrid, não será titular 'de primeira' e pode perder tempo no banco de reservas.  #Futebol #Campeonato Brasileiro