Faltam alguns dias para o início das Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro e, a medida que algumas delegações foram chegando, diversas reclamações de problemas com a Vila onde os esportistas ficarão hospedados durante o evento foram noticiadas. Algumas organizações de atletas, inclusive, chegaram a trocar as instalações feitas para eles por hotéis.

Primeiro foram os esportistas da Austrália que, ao chegar à Vila Olímpica, reclamaram que havia vazamentos de água e de gás. Além disso, os australianos alegaram existir várias falhas nas instalações elétricas. Eles, deixaram a Vila para ficar num hotel. Os problemas foram resolvidos e eles retornaram, sendo recebidos por um canguru boxeador, promessa do prefeito da cidade maravilhosa Eduardo Paes.

Publicidade
Publicidade

Outras reclamações vieram dos argentinos e dos suecos, que se queixaram principalmente da limpeza e de problemas com o acabamento. Ambas delegações foram para hotéis de táxi, se negando a ficar no local enquanto os reparos não fossem feitos.

Na tarde de sexta-feira (29), um princípio de incêndio num dos prédios apareceu novamente no caminho dos atletas australianos. O prédio foi evacuado a tempo e o corpo de bombeiros controlou o princípio das chamas. Supostamente, a causa do fogo teria sido guimbas de cigarro sobre folhas de papelão.

Para completar o cenário de desordem, não são apenas os atletas que estão sofrendo com a falta de organização, estrutura e planejamento. Na metade do mês, a Força Nacional, responsável pela segurança dos Jogos, ainda fazia protestos, pois estava com salários atrasados e recebendo valores diferentes do que havia sido combinado.

Publicidade

Os alojamentos dos policiais ainda estavam sem água, o que também foi motivo de reclamação.

Eduardo Paes, sobre toda essa confusão, afirmou que os problemas da Vila devem ter ocorrido por falta de averiguação adequada. Afirmou também que esse tipo de coisa vai se resolvendo enquanto aparece. Apesar de ter aceitado as críticas sobre a infraestrutura, tratou tudo com naturalidade e, até, usou de alguma ironia. #Olimpíadas 2016 #Vergonha #Rio2016