Para a defesa, a diretoria do clube fechou acordo com o FC Porto, de Portugal, mantendo o zagueiro Maicon, de 27 anos, como titular no time paulista por quatro temporadas. 

Capitão, ele caiu nas graças da torcida logo em seu início no São Paulo, no começo da temporada, ao demonstrar muita garra e bom #Futebol. Até aqui, já disputou 30 jogos na defesa tricolor e anotou três tentos, com um deles tendo sido fundamental para a continuidade do time na Copa Libertadores da América quando, perdendo para o Atlético-MG, no Estádio Independência, em Belo Horizonte,  por 2 a 0 e praticamente fora das semifinais do sul-americano; Maicon fez o gol que despachou o time mineiro do torneio, dentro de sua própria casa. 

Douglas

O ex-zagueiro vascaíno de 26 anos estava jogando na Ucrânia e rescindiu com seu clube, o Dnipro, porque não estava recebendo seus salários.

Publicidade
Publicidade

Ele chega ao São Paulo para, provavelmente, ocupar a vaga que será deixada por Rodrigo Caio, em processo de transferência para a Lazio-ITA após os Jogos Olímpicos. 

Douglas realizou uma intervenção cirúrgica no menisco do joelho e, desde então, entrou em um processo de recuperação para retomar sua condição de jogo. Atualmente o atleta não tem mais problemas com a lesão, mas ainda necessita de um trabalho individual para reconquistar seu condicionamento físico, já que ele tem um desequilíbrio muscular que tem de ser acompanhado, como vem acontecendo, no Reffis do tricolor.

LATERAL

Buffarini

Edgardo Bauza queria Buffarini, que estava no San Lorenzo, time o qual é ídolo da torcida, desde o início de 2016. Eles trabalharam juntos no clube argentino, onde foram campeões da Libertadores em 2014.

Publicidade

Podendo atuar como lateral-direito ou meia, o atleta de 29 anos é tido como um jogador decisivo, uma espécie de talismã. Nesta temporada, marcou apenas um gol em 22 partidas, todas atuando como titular. O argentino tem na sua posição de origem, a lateral, três são-paulinos concorrentes: 

Caramelo, Bruno e Auro, mas deve ser titular absoluto no elenco de Bauza, podendo também ser utilizado como meia na formação 4-2-3-1 do técnico do São Paulo.

MEIO-CAMPO

Cueva

No esquema 4-2-3-1, o peruano de 24 anos ficará com a vaga deixada por Ganso, agora do Sevilla-ESP. Porém, o jogador não tem as mesmas características do ex-colega. 

Cueva tem mais velocidade em campo do que tinha o Maestro, além de driblar os adversários com maior habilidade. Na partida do último domingo (17), contra o Corinthians, pela 15ª rodada do Brasileirão, na Arena de Itaquera, o meia-atacante marcou seu primeiro gol no São Paulo, de pênalti. O peruano será o novo armador e tende a criar uma nova forma de atuação da equipe de Bauza.

Publicidade

 ATAQUE

 Gilberto

O atacante, que veio do Chicago Fire-EUA, mas que já passou por Internacional, Sport, Portuguesa e Vasco, entrou em campo no último domingo (17) na segunda etapa da partida que terminou empatada em 1 a 1 contra o Corinthians. Aos 27 anos, Gilberto vai atuar como centroavante no tricolor e poderá ser titular na partida da próxima rodada do nacional contra o Grêmio, no próximo domingo (24), às 16h, em Porto Alegre, devido a lesão que deve tirar Ytalo de campo até o fim da temporada.

Andrés Chávez

Canhoto, o atacante de 25 anos também fez parte da lista de contratações entregue pelo técnico do São Paulo à diretoria do clube. No Boca Juniors, atuou como reserva imediato de Jonathan Calleri e tem características de finalização, além de também atuar como centroavante. Neste ano, jogou em 26 partidas e balançou as redes adversárias em seis oportunidades. #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol