Em um dia atípico para partidas da Série A do #Campeonato Brasileiro, #Palmeiras e #Santos fizeram um clássico morno nesta terça-feira, no Allianz Parque. Contando com mais de 40 mil torcedores na arena, o Palmeiras buscava manter a boa fase e a liderança isolada do brasileirão. Já o Santos, tentava a terceira vitória fora de casa no campeonato e o retorno ao G4. No fim, o empate em 1 a 1, acabou não agradando a nenhuma das equipes.

A partida começou em ritmo acelerado. O Palmeiras, como está se tornando habitual no seu estádio, impôs uma blitz logo no início do jogo. E não demorou muito para a pressão dar resultado, aos 6 minutos, o zagueiro colombiano Yerry Mina, aproveitou ótima cobrança de escanteio de Dudu, e livre na pequena área, abriu o placar para o verdão.

Publicidade
Publicidade

Após o gol, o Santos passou a ter mais a posse de bola. Mas, apesar de passar mais tempo com ela nos pés, a equipe alvinegra só conseguiu assustar o Palmeiras uma vez no primeiro tempo. Depois de uma cobrança de falta rápida, Vitor Bueno chutou forte, e a bola tirou tinta da trave do gol de Fernando Prass. O Palmeiras, apesar de não ficar com a bola, assustava o Santos nos contra-ataques. E a primeira etapa terminou assim, 1 a 0 para o verdão.

O segundo tempo começou com o Palmeiras assustando o Santos logo no primeiro minuto, em chute cruzado do atacante Erik, após passe preciso de Dudu. Porém, aos 10 minutos, após falta dura de Edu Dracena em Rodrigão no lado esquerdo do ataque santista, Gabigol aproveitou o rebote na cobrança de Vitor Bueno e empatou a partida para o Santos. O chute do atacante ainda contou com o desvio do zagueiro Vitor Hugo, que matou Fernando Prass no lance.

Publicidade

Como no primeiro tempo, o Santos mantinha a posse de bola, e o Palmeiras tentava surpreender o rival nas jogadas de velocidade. Aos 24, Dudu recebeu passe de Tchê Tchê dentro da área, limpou a zaga santista duas vezes, mas a finalização não saiu muito forte e Vanderlei conseguiu segurar. Aos 33 minutos foi a vez do Santos assustar, a zaga alviverde cortou mal o cruzamento de Victor Ferraz, e a bola sobrou limpa para Thiago Maia, que perdeu grande chance, mandando por cima do gol Palmeirense. Depois disso o ritmo do jogo diminuiu, e as duas equipes não tiveram mais oportunidades claras para vencer a partida. 

Com o empate, o Palmeiras manteve a ponta isolada na tabela, porém a diferença para o Corinthians, segundo colocado, diminuiu para apenas um ponto. O peixe, apesar de não ter vencido, voltou ao G4, tirando o Atlético Paranaense da quarta posição.

Os dois times voltam a campo no próximo fim de semana. O Santos receberá a Ponte Preta, na Vila Belmiro, no sábado, às 18h30. Já o Palmeiras, joga um dia depois do peixe, no domingo (17). O alviverde irá até Porto Alegre enfrentar o Internacional, que na última rodada demitiu o técnico Argel Fucks, às 16h.