O São Paulo #Futebol Clube deve negociar uma de suas promessas com um time do futebol alemão nos próximos dias. Trata-se do zagueiro Hugo, capitão dos times da base que, aos 21 anos, não poderá mais servir o time B do Soberano e depois de retornar de empréstimo ao Mallorca, da Espanha - time no qual ficou por uma temporada, parte dela também na equipe B, será negociado com um time da Alemanha por não ter vaga no time titular do técnico Edgardo Bauza.

O jogador participa de atividades físicas e de recondicionamento no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, enquanto aguarda a negociação da diretoria do clube paulista que não revelou para qual equipe Hugo deve seguir nos próximos dias.

Publicidade
Publicidade

O zagueiro formado na base do Tricolor é ex-companheiro de Matheus Reis, lateral-esquerdo do time de Bauza, e ele deve fazer parte do pacotão de transferências que o São Paulo está promovendo para enxugar elenco e fortalecer o time principal, como é o caso de Lucão, que irá para o FC Porto em acordo com o clube português para a permanência do zagueiro Maicon. 

Outro zagueiro da base que vai deixar o SPFC é Luiz Eduardo, de 22 anos. Ainda neste mês, Henrique Miranda, lateral-esquerdo que subiu para o elenco profissional em 2011, também deverá ser transferido pelo clube.

Com contrato até outubro de 2018, Rodrigo Caio, de 22 anos, titular na zaga de Bauza, entrou no radar da equipe italiana Lazio. Apesar de não contatarem diretamente os dirigentes tricolores, os italianos já fizeram consultas sobre a situação do jogador, convocado por Rogério Micale para defender a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos Rio 2016. 

Caio está no profissional do Tricolor do Morumbi desde 2011 e disputou, até aqui, 180 partidas com a camisa do São Paulo, tendo marcado oito gols.

Publicidade

Ele também já esteve próximo de deixar o clube em outras duas oportunidades; na primeira, em 2014, acabou não sendo negociado com o Monaco, da França, porque rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo às vésperas de sua transferência. No ano seguinte, desacordo entre o prometido pelos empresários Deco e Luizão com a realidade do contrato, impediram a ida de Rodrigo Caio para o espanhol Valencia. #Campeonato Brasileiro #São Paulo FC