Esta semana promete entrar para a história do MMA mundial. Isso porque, a maior organização de MMA do mundo irá promover três eventos consecutivos, com combates impactantes, que os fãs não perdem por esperar. 

O primeiro será na quinta-feira, dia 7 de julho, em Las Vegas, tendo como main event a luta entre o brasileiro Rafael dos Anjos contra o americano Eddie Alvarez. Nessa luta, o brasileiro irá defender pela segunda vez o seu cinturão de campeão da categoria leve do UFC. O evento ainda irá contar com a presença de outros 7 lutadores brasileiros: Alberto Miná, Dileno Lopes, Pedro Munhoz, Felipe Sertanejo, Gilbert Durinho, Reginaldo Vieira e Vicente Luque.

Publicidade
Publicidade

No dia seguinte, será a vez do TUF 23 Finale, também em Las Vegas, onde acontecerá as finais do reality "The Ultimate Fighter 23", onde a brasileira Cláudia Gadelha terá a chance de conquistar o cinturão da categoria palha feminino, que tem como campeã a Polonesa Joanna Jedrzejczyk. Esse evento terá a participação de outros cinco lutadores do Brasil: Thiago Tavares, Joaquim Netto BJJ, Fernando Açougueiro, Cezar Mutante e Matheus Nicolau.

E, finalmente, no sábado, 9 de julho, acontecerá o mais esperado de todos. O #UFC 200, que também será realizado na cidade de Las Vegas, onde irá acontecer os combates entre Daniel Cormier e Jon Jones, pelo cinturão linear da categoria peso-pesado, Miesha Tate e Amanda Nunes, quando a brasileira tentará conquistar o cinturão da categoria peso-galo feminino e o combate entre o brasileiro José Aldo e o americano Frankie Edgar, em que o vencedor irá conquistar o cinturão interino da categoria peso-pena do UFC.

Publicidade

O evento ainda terá a participação dos brasileiros Raphael Assunção e Thiago Marreta, além de um super combate na categoria dos pesos-pesados entre o americano Brock Lesnar e o Neo-zelandês Mark Hunt. O UFC 200 também terá no card lutas com ex-campeões da organização que tentam voltar a ter chances de disputar o cinturão de suas categorias, como Cain Velásquez (ex-campeão dos pesados), Johny Hendricks (ex-campeão dos meio-médios) e TJ Dillashaw (ex-campeão peso-galo).

Ao todo, serão 5 disputas de cinturão, sendo 4 com brasileiros envolvidos.