Na manhã desta sexta, o Fluminense realizou, nas Laranjeiras, o seu único treino antes do compromisso de sábado, às 16h (de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, diante do Coritiba, válido pela abertura da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes do trabalho, membros de uma torcida organizada tentaram invadir a sede do clube, mas foram impedidos pelos seguranças locais. Os protestos eram direcionados ao presidente Peter Siemsen e à cúpula do futebol, mais especificamente ao gerente-executivo Jorge Macedo. A principal crítica apresentadas pelos tricolores presentes é a falta de ambição e a lerdeza na contratação de reforços.

Publicidade
Publicidade

O policiamento militar foi acionado e o clima acabou esfriando.

Paralelamente aos fatos ocorridos na área externa, o técnico Levir Culpi dirigiu uma atividade coletiva e praticamente definiu quem será o time titular. A todo o momento, ele exigia bastante dos atletas, principalmente nas jogadas de bola parada. No final, Magno Alves, Gustavo Scarpa e Dudu tentavam aprimorar as cobranças de pênaltis.

Sem contar com o lateral-esquerdo Giovanni, o volante Douglas e o meia Cícero, o comandante optou por escalar, como respectivos substitutos, William Matheus, que veio do Toulouse e fará a sua estreia, Pierre e Dudu. Outra novidade em relação ao últimos jogos é a saída de Maranhão. Como Marcos Júnior ainda se ressente de uma lesão no púbis, Osvaldo formará dupla de ataque com Magno Alves.

Encerrado o treinamento, a delegação permaneceu para almoçar nas Laranjeiras.

Publicidade

Em seguida, ruma para a cidade de Volta Redonda.

Buscando se recuperar da derrota da noite de quarta passada para o São Paulo (2 a 1, no Morumbi), o #Fluminense, caso não ocorra surpresa ou imprevisto de última hora, entrará em campo tendo a seguinte formação: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Édson, Dudu e Gustavo Scarpa; Osvaldo e Magno Alves.

Até o momento, em 12 partidas disputadas, o Tricolor soma 16 pontos e ocupa o 12º lugar no Brasileirão. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol