A quarta-feira começou repleta de novidades para o torcedor são-paulino, que vivia dias de tensão após a eliminação nas semifinais da Copa Libertadores da América e com o desmanche do time, que perdeu seus principais jogadores desde então. 

Com o empréstimo do atacante Rogério ao Sport e as saídas, em definitivo, de Calleri, Alan Kardec e Ganso, além da provável transferência de Rodrigo Caio para a Lazio-ITA após a disputa das olimpíadas pela Seleção Brasileira, o time profissional do São Paulo recebeu novos jogadores como os atacantes Gilberto e Andrés Chávez, o meia Cueva, o lateral Buffarini e o zagueiro Douglas, além de fechar negociação com o FC Porto para a permanência de Maicon no setor defensivo de Edgardo Bauza.

Publicidade
Publicidade

De todos os pedidos feitos por Patón, a diretoria de #Futebol são-paulina só não logrou êxito na contratação de Milton Caraglio, atacante do Tijuana. Ele estava na relação de jogadores com os quais o técnico são-paulino gostaria de contar, além de Hernán Barcos, também citado pelo treinador, que admitiu que seria difícil tirá-lo do Sporting.

Na semana de especulações, Hernanes e Diego Tardelli foram mencionados como possíveis retornos ao time do Morumbi mas nada foi confirmado.

Seguindo o ritmo de reforços para o "elenco de cima", a diretoria tricolor também fortaleceu o time de base trazendo Leonardo Natel, que estava no Benfica, de Portugal, e era pretendido também pelo Palmeiras.

O ponta direita, brasileiro, tem apenas 19 anos de idade e vai reforçar o time Sub-20 do Soberano, treinado pelo técnico André Jardine, que provavelmente utilizará o novo contratado já na Copa Paulista pois além de ponta, Natel também atua como lateral direito.

Publicidade

Dependendo da avaliação de Jardine e do que o atleta desempenhar em campo, logo mais ele será promovido ao time titular pois é esta a intenção da diretoria tricolor.

O prazo do empréstimo do jogador com o São Paulo se encerra no dia 30 de junho de 2017 mas o time paulista poderá comprar os direitos econômicos e também federativos do atleta, conforme cláusulas acordadas entre os clubes. 

No Benfica, o vínculo de Leonardo Natel termina em 2020 e ele deve render muito dinheiro ao clube lusitano pois é tido pelos especialistas do futebol português como uma grande e eficiente promessa do esporte. #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol