A diretoria são-paulina não tem tido dias de folga quanto às negociações de mercado, tanto para reforçar o elenco tricolor, quanto para evitar que seja ainda mais enfraquecido depois que o time perdeu Calleri, Kardec e Ganso.

Os principais problemas estão no meio campo e ataque, com o técnico Edgardo Bauza pressionando os dirigentes para que contratem, pelo menos, mais um atacante além dos já apresentados Gilberto e Andrés Chávez, sendo que este segundo deverá ser oficializado nesta sexta-feira (29).

Para não perder ainda mais no setor ofensivo, o clube negocia com o FC Porto, de Portugal, a compra do atacante Kelvin. As tratativas com os europeus vem desde a compra do zagueiro Maicon.

Publicidade
Publicidade

 Com seu vínculo por empréstimo encerrando-se em dezembro, Kelvin manifestou a vontade de permanecer no São Paulo, onde encontrou mais oportunidades do que no rival, Palmeiras, que o colocou em campo poucas vezes na temporada passada. Ele está em trabalho de recuperação física após sofrer lesão por estiramento no músculo posterior da coxa esquerda no dia 23 de junho, na partida que terminou com empate em 0 a 0 com o Sport, no Morumbi, válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 A diretoria do tricolor não revela o valor, que é fixo, dos direitos econômicos do atacante mas afirma que pretende mantê-lo no elenco e que por isso negocia com antecedência para não passar o estresse que viveu quando comprou o zagueiro, quase aos "45 do segundo tempo".

 Com 23 anos de idade, Kelvin desembarcou no São Paulo com status de atleta mediano mas tornou-se uma grata surpresa sob o comando do argentino Edgardo Bauza que lhe concedeu maiores chances na fase inicial do Paulistão e na etapa classificatória da Copa Libertadores da América.

Publicidade

Ao todo, ele marcou dois gols em 24 jogos que disputou até aqui.

 A lesão tirou do atacante a oportunidade de ajudar o São Paulo na semifinal da Libertadores, contra o Atlético Nacional-COL, campeão desta edição do torneio sul-americano.

 Dizendo que estava em um ritmo excelente quando acabou lesionado, Kelvin quer esquecer o que passou e retomar seu condicionamento técnico e físico para voltar a colaborar com sua equipe na busca por melhores posições na tabela do Brasileirão. Atualmente com 22 pontos, o tricolor ocupa a nona colocação no torneio nacional.

 No próximo domingo (31), o jogador deve ser escalado para enfrentar a Chapecoense, no Morumbi, às 11h, pela 17ª rodada do Brasileiro 2016.

 O provável time titular em campo deve ter Denis; Carlinhos, Bruno, Maicon e Lugano; Michel Bastos, Hudson, Cueva, Thiago Mendes e Kelvin; e Centurión, que deve entrar na vaga de Gilberto, caso confirme-se lesão na torção do tornozelo esquerdo que tirou o atacante, recém contratado, do treino coletivo desta quinta-feira. #Futebol #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol