Até que ponto vale ir para chegar à uma medalha em uma Olimpíada? Os jogos do Rio de Janeiro tem provado que o senso de amizade e respeito podem superar o da competição. Que o diga a holandesa Adelinde Cornelissen, uma famosa amazona que desistiu de disputar competição por conta de seu cavalo, Parzival. Ele ficou muito doente antes da Olimpíada e ela decidiu que era hora de poupar o animal. No entanto, um dia antes da competição do #Hipismo, seu melhor amigo não estava 100% para a prova de adestramento. 

A amazona, a amazona holandesa deu mais informações sobre o dia em que decidiu desistir da maior festa do esporte. A decisão somente veio no meio da semana, quando ao entrar na pista, saudou a todos e disse que não competiria.

Publicidade
Publicidade

Muitos torcedores ficaram surpresos com tudo o que aconteceu. Em uma mensagem publicada no Facebook, Adelinde disse que desistiu afim de proteger seu alazão. "Meu amigo, meu companheiro, o cavalo que deu tudo para mim por toda a sua vida não merece isso. Então, eu saudei e deixei a arena”, informou a atleta que foi muito elogiada por muitos internautas.

A atitude da holandesa foi um dos assuntos mais comentados das redes sociais no fim de semana e está sendo usada por entidades favoráveis à proteção aos animais. Parzival teve febre alta antes de competir. De acordo com a amazona, veterinários investigaram o que poderia ter acontecido com o animal, informando que ele poderia ter sido mordido por uma aranha ou mosquita, que produziu alguma toxina forte. Os veterinários acabaram acertando nos medicamentos dados ao alazão, que foi tendo uma melhora gradual. 

O estado de saúde dele fez com que a federação de hipismo o liberasse para competir.

Publicidade

No entanto, sua dona não decidiu arriscar a vida do animal de 19 anos. Como disputou por equipes, a ausência de Parzival foi sentida, mas nem tanto. A atleta ainda terminou em quarto lugar na competição. A menor nota acabou sendo a dela para a equipe. A pontuação foi descartada, mas a atleta poderia ter feito nota para dar pelo menos um bronze ao seu país.  #Rio2016